Novum Canal

mobile

tablet

Valongo conclui eliminação do fibrocimento em todas as escolas

Partilhar por:

Fotografia: Câmara de Valongo

O município de Valongo iniciou, esta terça-feira, as obras de substituição da cobertura em fibrocimento do Pavilhão Desportivo da Escola Preparatória de S. Lourenço, em Ermesinde, o último edifício com fibrocimento que era da responsabilidade do Ministério da Educação.

Segundo a autarquia valonguense, a autarquia está na “dianteira da eliminação do amianto em todas as escolas públicas do concelho”.

Cotado em comunicado, o presidente da Câmara de Valongo, José Manuel Ribeiro, realça que o município, neste ciclo governativo, substituiu todas as coberturas de fibrocimento do parque escolar.

Fotografia: Câmara de Valongo

“Demos mais um passo para garantir que não há amianto em nenhuma das nossas escolas, desde os jardins de infância às secundárias. Neste ciclo governativo, substituímos todas as coberturas de fibrocimento das nossas escolas, tenham ou não amianto, inclusive naquelas que até há bem pouco tempo não eram da nossa responsabilidade direta. Só falta concluir esta obra na EB23 de São Lourenço, em Ermesinde, e começar a da EB Vallis Longus, em Valongo, que deve avançar dentro de três meses”, disse.

O chefe do executivo manifesta que logo em 2014, com a substituição da cobertura da Escola das Saibreiras, em Ermesinde, o município iniciou o investimento no parque escolar, objetivo que se manteve ao longo dos últimos anos.

“Tomamos a dianteira logo em 2014, com a substituição da cobertura da Escola das Saibreiras, em Ermesinde, e ao longo dos últimos anos fomos investindo largos milhões de euros em obras de requalificação no nosso parque escolar, permitindo a retirada do fibrocimento nas escolas EB1 do Lombelho, de Cabeda e da Codiceira (em Alfena); da Retorta, de Balselhas e da Azenha (em Campo) e do Calvário, do Susão e da Boavista (em Valongo)”, lê-se na nota de imprensa que a autarquia nos enviou que adianta que “com apoio de fundos comunitários e do Governo, foram realizadas as obras de renovação da Escola Secundária de Ermesinde que também tinha fibrocimento e serão realizadas as obras da EB23 Vallis Longus e da Secundária em Valongo”.

Fotografia: Câmara de Valongo

“Em menos de 8 anos vamos resolver problemas que se arrastaram por mais de 20 anos” lembra o presidente da Câmara Municipal de Valongo que recorda que a “obra na Escola de São Lourenço é a única no concelho com financiamento no âmbito do programa governamental de Remoção do Amianto nas Escolas”.


Partilhar por:

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!