Novum Canal

mobile

tablet

Queridos Pai e Mãe…É Natal!

Partilhar por:

Quantas vezes, na correria dos dias, se chateiam logo pela manhã com os vossos filhos porque já estão atrasados?

Quantas vezes se perguntam porque é as coisas não correm bem?

Quantas vezes projetam atividades, idealizam momentos, e se sentem frustrados por não terem conseguido cumprir o planeado e até prometido?

Pois bem, numa sociedade frenética e agora mais preocupada, e sabendo-se que os dois pais cumprem funções no mundo laboral, fica cada vez mais reduzido o tempo de que é dedicado aos filhos e a qualidade das relações – com momentos de brincadeira – está assim longe de ser a desejável.

Estudos referem que apenas 6% dos pais portugueses brincam diariamente com os seus filhos, e quando o fazem, optam por ver televisão em conjunto ou jogar um jogo virtual.

Será assim o ato de brincar mera diversão?

Claro que não, pelo contrário! Brincar é fundamental e não deve acontecer apenas na creche e na escola. Brincar é uma atividade essencial para o desenvolvimento saudável e global das crianças.

Promove a criatividade e a imaginação, estimula competências socioemocionais, gera resiliência e potencia o autoconhecimento corporal. E mais! As brincadeiras fortalecem o vínculo entre pais e filhos e estreitam as relações, reforçando os afetos, que neste ano tão atípico – e no seu sentido lato – vão fazendo falta.

É muito importante que as famílias disponham de tempo para brincar!

As festas de final de ano podem ser uma excelente oportunidade para trabalharem a relação com os vossos filhos até porque, a par deste tempo de confinamento que temos todos vivenciado, as  tradições e rituais natalícios, apelam, igualmente, a uma maior proximidade e envolvência familiar.

Ao contrário do que possam pensar, o Natal para os mais pequenos é muito mais do que os presentes recebidos. É uma altura em que todos, geralmente, estão também mais presentes! E essa presença é muito mais valorizada face ao facto de existirem muitos ou poucos brinquedos lá em casa. Na verdade, a necessidade real de uma criança é desfrutar de companhia para brincar em atenção plena.

Hoje, o Natal em família, com momentos de partilha, tem certamente muito mais significado e como tal, deixo-lhe algumas ideias do que fazer com os miúdos:

– elaborar postais natalícios, fazer um desenho ou escrever uma carta para enviar a toda a

família;

– estender a iniciativa dos bilhetes ou presentes simbólicos de natal aos vizinhos,

sendo esta uma excelente forma de mostrar solidariedade e empatia neste natal

reinventado;

– criar marcadores individuais para a mesa da consoada;

– fazer biscoitos com formas natalícias;

– divertirem-se com jogos de tabuleiro;

– escolher as fotografias dos momentos mais especiais de 2020; porque com toda a certeza também os houve; e colocá-las num lugar de destaque em casa;

– não poupar nos elogios, dar abraços (que dentro de casa são possíveis) e dizer “gosto de ti, és muito importante na minha vida”.

Faço votos que todos vivam estas festas com serenidade e alegria!

Que 2021 seja um ano mais leve!


Partilhar por:

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!