Novum Canal

mobile

tablet

Castelo de Paiva: Prosseguem obras de beneficiação da Ponte Centenária de Pedorido (C/ Vídeo)

Partilhar por:

Fotografia: Câmara de Castelo de Paiva

Prosseguem em “bom ritmo”, segundo o executivo municipal, as obras de reforço e remodelação estrutural da Ponte Centenária de Pedorido, em Castelo de Paiva.

A autarquia paivense avança, na sua publicação online, que a reabilitação da velha ponte sobre o Rio Arda é um desiderato há “muito esperado a população do Couto Mineiro do Pejão e que pretende transformar esta região ribeirinha do Couto Mineiro numa zona mais atrativa e valorizada”.

“O executivo municipal mostra-se satisfeito por ter sido honrado mais este compromisso, num trabalho nem sempre fácil, num tempo de exigências administrativas, permitindo que esta ponte seja beneficiada e aberta à comunidade em conjunto com a parque de lazer do choupal para uma utilização pedonal ou em forma de ciclovia”, refere o município na publicação que partilhou na sua página oficial.

Refira-se que em 30 de junho deste ano, o executivo municipal de Castelo de Paiva, presidido por Gonçalo Rocha, assinou o contrato de empreitada com a Atlantinível – Construção Civil, Ldª para a obra de reforço e remodelação estrutural da Ponte Centenária de Pedorido, sobre o Rio Arda, uma empreitada cujo valor de 492 579,41 euros.

Segundo a  autarquia, a intervenção pretende potenciar, “ainda mais, a dinâmica turística desta zona ribeirinha do concelho”, sendo o prazo de execução da obra de 365 dias.

“A reabilitação da velha ponte sobre o Rio Arda é um anseio antigo da população do Couto Mineiro do Pejão, e depois de concretizada a retirada das condutas do abastecimento de água e a sua transferência para a ponte nova na Variante à EN 222, foi possível agora avançar com um projeto para reabilitar e melhorar esta travessia, de grande impacto na projeção desta zona ribeirinha do concelho”, referia à data o comunicado que o município nos facultou que esclarecia ainda que a “requalificação desta estrutura, motivou uma grande luta e empenhamento da CM de Castelo de Paiva neste processo, sempre na perspetiva de que esta região ribeirinha do Couto Mineiro merecia esta intervenção rodoviária, garantindo a autarquia paivense que, esta zona do concelho vai ficar ainda mais atrativa e valorizada”, referia à altura o município.

Fotografia: Câmara de Castelo de Paiva

Com a conclusão das obras a ponte será aberta à comunidade para uma utilização pedonal ou em forma de ciclovia.

Recorde-se que em 2017, nas instalações da Junta de Freguesia, em Pedorido, a Câmara Municipal de Castelo de Paiva procedeu à assinatura dos contratos das empreitadas relativas à requalificação da Zona de Lazer do Choupal e de execução do principal percurso pedestre no âmbito da estratégia turística “ Viver Payva Douro “, num investimento, segundo a câmara municipal superior a 422 mil euros.

À data, as empresas “ Águas do Douro Paiva “ / SimDouro procederam à assinatura do “auto de consignação para a empreitada relativa à retirada das condutas do abastecimento de água da Ponte Centenária sobre o Rio Arda, e a sua transferência para a ponte nova na Variante à EN 222.

Com a execução e implementação do projeto de requalificação do Parque de Lazer do Choupal pretende-se “criar um ambiente visual agradável que melhore e potencie o bem estar e conforto para quem o frequenta, ao mesmo tempo valorizar ao nível ecológico, funcional e estético uma área ribeirinha emblemática, melhorando as condições de recreio e lazer das diversas faixas etárias, sendo que a prática do desporto informal, de ar livre, e o lazer foram privilegiados para potenciar a dinamização do parque”, esclarecia na ocasião o executivo municipal.

O projeto turístico contempla a construção de um “parque de estacionamento devidamente arborizado, uma zona de merendas com churrasqueiras e mais no interior do parque, um pequeno edifício equipado com bar e esplanada, para além de instalações sanitárias e dois pequenos parques infantis” e previa “uma rede pedonal que interligam as várias áreas do parque, uma praça para acolher eventos de maior dimensão, bem como um anfiteatro no lado oeste do parque e no areal um campo de voleibol de praia, sendo que na margem direita do Rio Arda” e a “criação de uma pequena praceta e a requalificação da rua de acesso, com a criação de passeios e estacionamento, assim como um percurso pedonal marginal devidamente arborizado”.


Partilhar por:

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!