Novum Canal

mobile

tablet

Covid-19: Técnicos vão ajudar na realização de inquéritos epidemiológicos

Partilhar por:

Fotografia: Câmara de Baião

Dois técnicos da Câmara de Baião vão ajudar a fazer inquéritos epidemiológicos relacionados com a Covid-19, no âmbito do projeto “Rastreio Colaborativo à Covid-19”.

Segundo a autarquia, os dois colaboradores receberam formação por parte da Administração Regional de Saúde do Norte (ARS-Norte) e já se encontram em funções.

A autarquia, na sua página oficial, reproduz declarações do presidente da Câmara de Baião, Paulo Pereira, em que este defende que a articulação entre entidades é determinante no combate à pandemia.

“Dissemos logo que sim a este pedido de colaboração, porque entendemos que é necessária muita entreajuda entre todas as entidades para enfrentar a pandemia. Neste momento é necessário que todos deem o seu melhor e se adaptem, para enfrentar esta crise de saúde pública”, frisa.

O autarca  garante que a autarquia está disponível para colaborar com todos os atores e implementar as medidas que forem necessárias.

Na mesma publicação, o município confirma que o chefe do executivo baionense esteve em contacto com o secretário de Estado da Mobilidade, Eduardo Pinheiro, responsável pela coordenação do combate à Covid-19 na região norte.

Ainda de acordo com a câmara municipal, os inquéritos epidemiológicos têm como propósitos rastrear as cadeias de transmissão do vírus e auxiliar os técnicos da área da saúde pública que passam, assim, a dispor de mais tempo para exercerem outras funções.

“Através desta medida será aumentada a capacidade de contacto telefónico com os casos confirmados, após o seu diagnóstico, de forma a instituir as medidas necessárias”, refere a autarquia que sustenta que este projeto conta com técnicos de outras câmaras municipais e das forças armadas.

O município avisa, também, que tem articulado, no âmbito do combate à crise sanitária, esforços com outras entidades, tendo entregue “material de proteção médico às unidades de saúde de Baião e adquiriu material de diagnóstico solicitado pelo Agrupamento de Centros de Saúde do Tâmega I”.

Fotografia: Câmara de Baião

“Disponibilizou também veículos e motoristas para a realização de tratamentos de saúde, ao domicílio, durante a fase inicial de confinamento”, manifesta o município que acrescenta que ajudo, também, na “montagem logística da Área Dedicada à Covid-19 em Marco de Canaveses (atendia cidadãos de Baião e de Marco de Canaveses) e para a montagem da Área Dedicada para Doenças Respiratórias no Centro de Saúde de Baião”, tendo disponibilizado “um colaborador que todos os dias se desloca do Centro de Saúde de Baião a Amarante, com amostras de testes à Covid-19 para efeitos de análise”.

“No seio da Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa, a CM Baião contribuiu para a aquisição de ventiladores para o Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa”, lê-se na publicação da autarquia baionense.


Partilhar por:

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!