Novum Canal

mobile

tablet

“Um décimo da população com 15 ou mais anos (884 mil pessoas) referiu ter diabetes”, segundo estudo realizado pelo INE

Partilhar por:

Fotografia: INE

Assinala-se, este sábado, o Dia Mundial da Diabetes.

Segundo os resultados do Inquérito Nacional de Saúde 2019, efetuado pelo INE, “um décimo da população com 15 ou mais anos (884 mil pessoas) referiu ter diabetes, de forma muito semelhante para homens e mulheres e com uma prevalência que aumenta significativamente a partir dos 45 anos de idade”.

De acordo com o INE, a “diabetes é mais frequente na população com excesso de peso ou obesidade: por cada 100 pessoas que referiram ter diabetes, 20 tinham peso normal e 76 tinham excesso de peso ou obesidade”.

Refira-se que o Inquérito Nacional de Saúde 2019 foi realizado em todo o território nacional, entre setembro de 2019 e janeiro de 2020 e revela que “Há menos fumadores, mas aumentou o consumo arriscado de bebidas alcoólicas – 2019. Mais de metade da população com 18 e mais anos (4,6 milhões) continuava a ter excesso de peso (36,6%) ou obesidade (16,9%) em 2019, verificando-se um ligeiro aumento em relação a 2014 (36,4% de excesso de peso e 16,4% de obesidade)”.

Ainda de acordo com o Inquérito Nacional de Saúde 2019, “a maioria da população com 15 ou mais anos (65,6%) não praticava qualquer atividade desportiva de forma regular, sendo apenas 13,6% os que referiram praticar exercício físico em um ou dois dias por semana, menos 1,8 p.p. que em 2014. Aumentou contudo o número dos que se deslocavam a pé diariamente (de 2,5 milhões em 2014 para 3,0 milhões em 2019)”, sendo que “66,4% da população com 15 ou mais anos referiu consumir fruta diariamente, e 41,7% consumiam diariamente legumes ou saladas”.

O inquérito revela que “apenas 0,5% referiram não consumir carne, peixe, nem quaisquer produtos derivados; e 2,8% não consumiam carne ou produtos derivados”.

Fotografia: INE

Em 2019, “17,0% da população com 15 ou mais anos era fumadora, menos 3,0 p.p. que em 2014; 1,3 milhões de pessoas (14,2%) fumavam diariamente e 248 mil (2,8%) faziam-no ocasionalmente. O consumo regular de tabaco registava um rácio de 2,0 homens por cada mulher”.

Os dados esclarecem que “cerca de 6,2 milhões de pessoas referiram ter consumido bebidas alcoólicas nos 12 meses anteriores à entrevista: destes, 1,8 milhões fizeram-no diariamente (menos 14 p.p. que em 2014). Por outro lado, 2,6 milhões (mais de 40% da população em análise) referiram ter consumido 6 ou mais bebidas alcoólicas numa única ocasião ou evento (consumo arriscado) pelo menos uma vez nos 12 meses anteriores, um aumento relativamente a 2014 (33,2%)”, sendo que “8,0% da população residente com 15 e mais anos (716 mil pessoas) apresentava sintomas depressivos e 1,9% (cerca de 170 mil pessoas) não tinham a quem recorrer em caso de problema pessoal grave”.


Partilhar por:

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!