Novum Canal – Sempre novum, sempre seu.

Novum Informação – Noticias da região

Paços de Ferreira cria Brigada de Apoio Comunitário para apoiar pessoas infetadas e sem retaguarda familiar

Fotografia: Câmara de Paços de Ferreira

Já está no terreno a Brigada Municipal de Apoio Comunitário, valência criado pelo município de Paços de Ferreira que tem como objetivos apoiar pessoas infetadas e sem retaguarda familiar.

A autarquia pacense, na sua página oficial do facebook, esclareceu que esta valência já está a trabalhar desde o início da semana, juntando-se a outras, entretanto, criadas pelo município com o objetivo minimizar os efeitos sociais e económicos da crise sanitária que continua a assolar a região e o país.

“Face à situação vivida atualmente no concelho de Paços de Ferreira e ao consequente aumento do número de infetados, a Câmara Municipal decidiu reforçar a capacidade de resposta que está instalada no concelho desde o início da pandemia, através desta Brigada de Apoio Comunitária, constituída por um conjunto de profissionais”, referiu a autarquia, salientando que o trabalho desta brigada contempla áreas distintas e complementares que vão desde prevenção e vigilância da saúde, promoção do bem-estar e apoio social.

O município esclareceu que esta brigada tem um público-alvo diversificado, sendo constituído “por pessoas em situação de isolamento social, com elevado grau de dependência, idosos, pessoas em idade ativa com patologias, cidadãos economicamente vulneráveis, entre outros, residentes no concelho de Paços de Ferreira”.

Na mesma publicação, a câmara municipal avançou que, nas últimas semanas, “estas situações dispararam no nosso concelho, surgindo por isso a necessidade de reforçar a equipa de trabalho neste período tão crítico, para que consigamos dar uma resposta imediata às situações de emergência social, apoiando as famílias concelhias”.

Fotografia: Câmara de Paços de Ferreira

A equipa afeta à Brigada Municipal de Apoio Comunitário tem como funções prestar apoio ao munícipe “no pedido de receitas articulando-se com o centro de saúde; pedido e recolha na farmácia e entrega da medicação ao domicílio; auxílio na reorganização da terapêutica medicamentosa; prestar apoio na aquisição de bens essenciais e entrega de compras (bens de 1.ª necessidade); proceder à realização de cabazes de bens não perecíveis, gestão de stocks, articulação com os supermercados locais relativamente aos bens perecíveis e entrega ao domicílio e promover a entrega de refeições confecionadas, quando se justificar”.

A Brigada tem, também, como responsabilidades “o apoio na instalação de aparelhos de teleassistência;, proceder à entrega de Equipamentos de Proteção Individual ao domicílio e formação sobre a correta utilização dos mesmos, apoiar a comunidade na realização da higienização habitacional de Munícipes idosos ou em situação de debilidade, em isolamento, sem retaguarda familiar; apoiar e realizar o tratamento de roupa (lavagem e secagem) e entrega ao domicílio; apoiar aos mais diversos níveis a comunidade em isolamento profilático ou infetados com COVID-19 bem como articular com as entidades da rede, particularmente a EMA – Equipa Multidisciplinar de Acompanhamento de Paços de Ferreira, dando resposta às solicitações, como por exemplo entrega de documentos ou outras questões relacionadas com o acompanhamento dos casos positivos e contactos de alto risco”.