Novum Canal – Sempre novum, sempre seu.

Novum Informação – Noticias da região

Futsal: Paços de Ferreira tenta “assalto” ao primeiro lugar

A equipa A de futsal do Paços de Ferreira venceu de forma categórica o S. Pedro de Fins por 0 – 3. O conjunto orientado por Jorge Garrido.

A equipa principal de futsal do Paços de Ferreira joga esta noite, às 21horas, no Pavilhão Municipal de Paços de Ferreira, o encontro em atraso da 4ª jornada da II Divisão de Futsal, Série B.

Depois de ter vencido de forma categórica o S. Pedro de Fins por 0 – 3, no fim-de-semana anterior, o conjunto orientado por Jorge Garrido tem hoje, 11 de novembro, a oportunidade de “tomar de assalto” a liderança do campeonato.

Sobre o encontro da 4ª jornada, o técnico da equipa pacense salientou a importância da vitória frente ao conjunto maiato: “Conseguimos uma vitória muito importante, uma vez que nos permitiu reentrar na discussão pelos primeiros lugares da classificação e assim continuarmos com os nossos objetivos em aberto”. Jorge Garrido assumiu as dificuldades e parabenizou a equipa adversária: “Foi um jogo muito difícil para nós, frente a uma equipa do São Pedro de Fins, que é sempre muito organizada, e que trabalhou muito para nos contrariar. No entanto, soubemos ser pacientes, sempre fiéis aos nossos princípios de jogo, o que nos permitiu na segunda parte materializar com golos alguma ascendência que fomos gradualmente conseguindo com o evoluir do jogo. Penso que a nossa vitória foi justa, mas muito valorizada pela excelente réplica da equipa adversária”.

Já sobre a antevisão ao jogo desta noite, o técnico principal da equipa de futsal pacense analisa: “Segue-se agora o confronto com uma das equipas candidatas aos primeiros lugares, o Póvoa Futsal. Uma equipa que investiu forte, contratando e mantendo jogadores com experiência de I liga e internacionalizações pela nossa seleção nacional. Sabemos que temos as nossas possibilidades, jogamos no nosso pavilhão, onde somos geralmente muito fortes e onde mantemos uma invencibilidade de mais de um ano sem derrotas”.

Apesar das dificuldades do jogo em atraso, Jorge Garrido garante: “Acreditamos muito na nossa organização e capacidade coletiva para superar os nossos adversários e será com esse espírito de ambição que encararemos este jogo”.