Novum Canal – Sempre novum, sempre seu.

Novum Informação – Noticias da região

Paredes disponibiliza apoio psicológico gratuito à população mais idosa

Fotografia: Câmara de Paredes

Cerca de 30 idosos do concelho de Paredes já receberam apoio do projeto “Apoio Psicológico / Voz Amiga”,, uma iniciativa promove o apoio psicológico gratuito à comunidade idosa do concelho, da responsabilidade do pelouro de Ação Social da autarquia.

Os idosos que já receberam o apoio foram inscritos pelas instituições particulares de solidariedade social.

Segundo a autarquia paredense, esta valência, já entrou em funcionamento, integra uma equipa de cinco psicólogas e tem como meta dar resposta aos idosos que frequentavam  os centros de dia, mas que permanecem nas suas residências devido à crise sanitária que continua a atingir a região e o país.

Citada em comunicado, a vereadora da Ação Social, Beatriz Meireles, realçou que este serviço de Ação Social do município de Paredes “coloca as psicólogas e utentes a falar diretamente através de chamada telefónica diária com o objetivo de assegurar a intervenção psicológica em crise a todos os que dela necessitem no atual contexto de pandemia da Covid-19.”.

A autarca explicou que o projeto “Apoio Psicológico / Voz Amiga” tem como missão “apoiar a comunidade paredense ao assegurar o acesso equitativo e gratuito a intervenção psicológica no atual cenário da pandémico”.

Fotografia: Câmara de Paredes

O município esclarece que “O serviço “Apoio Psicológico / Voz Amiga” efetua-se via telefone aos utentes e presencial (em casos especiais). A comunicação feita através do sistema telefónico “é confidencial e salvaguarda os direitos dos utentes”, acrescenta.

A autarquia informa, também, que a par desta valência, a autarquia dispõe do projeto de Teleassistência que faz o acompanhamento dos idosos beneficiários.

“Atualmente, é realizada a monitorização e gestão dos equipamentos colocados (43 equipamentos) que presta apoio a 47 idosos. Refira-se que é feito o acompanhamento, monitorização e informação Covid-19, por contacto semanal aos idosos em Teleassistência”, refere o município.

Sobre este projeto, a responsável pelo pelouro da Ação Social realçou que o programa melhora a qualidade de vida dos idosos, aliando a “utilidade, às novas tecnologias e ao serviço de proximidade a uma população venerável à solidão e tão carente de afeto e de atenção”.

Refira-se que o projeto de Teleassistência – Serviço de Proximidade a Idosos é “um serviço de apoio a pessoas com mais de 60 anos e que são suficientemente autónomos para viverem sós, que querem preservar a sua autonomia evitando viver com familiares ou porque simplesmente não têm família que os integre”.