Novum Canal – Sempre novum, sempre seu.

Novum Informação – Noticias da região

Primeiro-ministro propõe Estado de Emergência ao Presidente da República

O primeiro-ministro, António Costa, manifestou, esta manhã, em Belém, ao Presidente da República,  que seja declarado o Estado de Emergência, com uma natureza preventiva.

Na sua intervenção, no Palácio de Belém, António Costa referiu que esta decisão aplica-se, nesta fase, apenas aos 121 concelhos que estão abrangidos pelas medidas especiais adotadas  no sábado, na sequência do Conselho de Ministros, em função do número de casos por cada 100.000 habitantes e função da proximidade com um outro concelho que preencha o critério quantitativo.

O governante justificou esta posição com a necessidade de esclarecer dúvidas jurídicas no que toca a quatro pontos centrais: as limitações de circulação a determinadas zonas do país, determinar o controlo da temperatura em edifícios públicos e locais de trabalho, assim como a necessidade de dissipar dúvidas jurídicas em questões e matérias como  requer ajuda médica da parte do setor privado e social e mobilizar recursos humanos seja nas forças armadas seja funcionários públicos com o objetivo de minimizar o combate ao número de infeções.

António Costa, na sua intervenção aos jornalistas, reiterou a necessidade de se evitarem ajuntamentos, insistiu na ideia de que é imperativo minimizar-se os convívios familiares, nomeadamente, casamentos, batizados e aniversários, um esforço que considerou vital para minimizar o número de infeções por Covid-19.  

O primeiro-ministro não esclareceu se irá avançar como um confinamento musculado na primeira quinzena de dezembro e afastou a possibilidade de impor um recolher obrigatório aos fins de semana como mecanismo para travar ou restringir os encontros e convívios familiares.