Novum Canal – Sempre novum, sempre seu.

Novum Informação – Noticias da região

Assinala-se, esta segunda-feira, dia de luto nacional em memória vítimas de Covid-19

Assinala-se, esta segunda-feira, dia de luto nacional, em memória das vítimas de Covid-19.

A data foi instituída pelo Governo, no 22 de outubro, no âmbito do Conselho de Ministros que  aprovou o decreto que declara o dia 2 de novembro como dia de luto nacional.

Com esta data, o Governo pretende prestar homenagem a todos os falecidos, em especial às vítimas da pandemia da doença Covid-19.

A decisão governativa, tomada em reunião do Conselho de Ministros, surgiu na sequência da proibição da circulação entre concelhos, de 30 de outubro a 3 de novembro, Dia dos Fiéis Defuntos, data em que tradicionalmente milhares de famílias aproveitam para se deslocarem aos cemitérios para recordar os seus entes queridos.

O Decreto n.º 7-A/2020, de 26 de outubro, que declara o luto nacional no dia 2 de novembro e presta homenagem a todos os falecidos, em especial às vítimas da pandemia da doença Covid-19, refere que “no passado dia 11 de março de 2020, a Organização Mundial de Saúde qualificou a emergência de saúde pública ocasionada pela doença COVID-19 como uma pandemia”.

“As consequências do novo coronavírus SARS-CoV-2, que se sentem por todo o mundo, têm encontrado ao longo do tempo na sociedade portuguesa respostas que vão desde a consciencialização para as regras de proteção individual e coletiva, cumpridas com civismo pelos cidadãos, à adoção de medidas de restrição de circulação e atividades, económicas, sociais, culturais, entre outras, procurando assim prevenir a transmissão do vírus. A atual situação da pandemia da doença COVID-19, que continua a evoluir, afeta muito em particular aquelas e aqueles que perdem familiares, amigos, colegas de escola e trabalho, vizinhos e membros das diversas comunidades e organizações”, refere o decreto que acrescenta:

“Tal é tanto mais evidente quanto se aproxima o Dia dos Fiéis Defuntos, a 2 de novembro, época tradicional de encontro de famílias e de homenagens aos entes falecidos, o qual se encontrará sujeito, também, a restrições. Perante, ainda, a trágica perda de vidas provocada pela pandemia da COVID-19, o Governo decide decretar um dia de luto nacional, como forma de pesar e de solidariedade de toda a população”.