Novum Canal – Sempre novum, sempre seu.

Novum Informação – Noticias da região

Marco de Canaveses define regras para visitas aos cemitérios no Dia de Todos os Santos e Fiéis Defuntos

Fotografia: Câmara do Marco de Canaveses

A câmara do Marco de Canaveses em articulação com as freguesias do concelho, face à evolução do número de infeções por Covid-19, implementou para este fim de semana e até terça-feira, várias regras de utilização e condicionamento do acesso e permanência nos cemitérios do concelho, com o objetivo de mitigar a propagação da doença.

“O acesso aos cemitérios deverá obedecer às orientações e normas da Direção-Geral de Saúde e da Resolução do Conselho de Ministros n.º 88-A/2020, de 14 de outubro”, lê-se na informação que a autarquia marcoense publicou e partilhou na sua página oficial.

As visitas aos cemitérios para a ornamentação de campas e jazigos deverá ser executada antecipadamente, prevenindo a aglomeração das pessoas e evitando os dias de maior afluxo, nomeadamente o fim de semana (31 de outubro de 1 de novembro).

Assim e de acordo com a legislação recomenda-se o “uso de luvas de proteção na utilização das torneiras e recipientes para deposição dos resíduos e no acesso aos cemitérios, deverá prevenir a aglomeração de pessoas em número superior a cinco pessoas, em cumprimento da legislação em vigor”.

É igualmente desaconselhada a permanência de pessoas com “patologias crónicas (doentes cardíacos, diabéticos, oncológicos, portadores de doença pulmonar crónica e insuficiência renal), com toma regular de medicação imunossupressora”.

No âmbito daquilo que são as orientações e normas da Direção-Geral de Saúde e da Resolução do Conselho de Ministros n.º 88-A/2020, de 14 de outubro, estabelece-se que “a capacidade máxima simultânea de visitantes não poderá ser superior a cinco pessoas por cada 100 metros quadrados, nos termos da legislação em vigor. No caso do Cemitério Municipal o limite estabelecido são 50 pessoas;  os visitantes devem entrar individualmente nas instalações, a permanência no interior do cemitério apenas durante o tempo mínimo indispensável, não devendo exceder a duração máxima de 30 minutos por pessoa”, refere o comunicado que a câmara municipal partilhou que esclarece que a “permanência limitada a duas pessoas, em simultâneo, por sepultura, garantindo o distanciamento mínimo de dois metros (exceto se se tratar de pessoas da mesma família e coabitantes)”.

A legislação obriga, também,  ao cumprimento dos circuitos de entrada, circulação e saída (caso se encontrem definidos) e impõe que no “acesso e permanência no interior e exterior das instalações é obrigatório o uso de máscara”.

Deve-se, ainda, “assegurar o distanciamento físico de segurança (dois metros) entre os visitantes, no acesso ao cemitério e durante a visita; deve ser assegurada a higienização das mãos na entrada e saída; nos trabalhos de ornamentação das campas e jazigos, cada visitante deverá levar os seus próprios utensílios, sendo removidos os utensílios de uso comum”.

Fotografia: Câmara do Marco de Canaveses

Impõe-se, ainda, a “obrigação de deposição dos resíduos gerados nos locais destinados a esse efeito, nomeadamente nos contentores de recolha de Resíduos Sólidos Urbanos e no contentor de reciclagem de Velas (VELOMETRO)”.

As orientações definidas pelas autoridades de saúde não permitem a realização “de peditórios ou atividade similar, no acesso e/ou interior dos cemitérios”.

Quanto às instalações sanitárias estarão encerradas durante os dias 30 e 31 de outubro e 1 e 2 de novembro.

No que toca à venda ambulante de flores, ceras e produtos similares, a autarquia informou que “é permitida a venda ambulante de flores, ceras e produtos similares, nos espaços exteriores ao cemitério desde que o atendimento seja efetuado de forma organizada, limitado a um consumidor de cada vez, respeitando as regras de higiene e segurança; os vendedores terão de ter para disponibilização aos clientes, solução antisséptica de base alcoólica”, estabelecendo-se, também, como obrigatório o “uso de máscara pelos vendedores e consumidores, podendo ser complementado com o uso de viseira e existindo mais de uma banca ou ponto de venda, terá de ser garantido distanciamento mínimo de cinco metros, entre elas.

“O incumprimento grave destas regras ou o agravamento da situação epidemiológica do concelho poderão, a todo o momento, determinar o encerramento dos cemitérios por decisão da autoridade de saúde e/ou demais autoridades competentes”, declara o comunicado da Câmara do Marco de Canaveses.