Novum Canal – Sempre novum, sempre seu.

Novum Informação – Noticias da região

Câmara de Alijó volta a garantir testes à covid-19 e critica Governo por falta de apoio a medidas de prevenção da pandemia

Fotografia: Câmara de Alijó

O município de Alijó destacou, em comunicado ao NOvum Canal, que vai assumir, uma vez mais, os custos de “mais 136 testes por zaragatoa de rastreio à covid-19, feitos por amostragem a idosos e profissionais das diversas respostas sociais das IPSS e ainda corporações de bombeiros do concelho”.

Segundo o município “desde o início da pandemia até ao momento, o município de Alijó já realizou mais de 800 testes de despistagem da infeção por covid-19 e assumiu custos de cerca de 300 mil euros com medidas de prevenção da pandemia”.

Fotografia: Câmara de Alijó

Na nota de imprensa que nos foi enviada, a autarquia do distrito de Vila Real, avançou que vai iniciar um rasteiro municipal  com o objetivo de “precaver situações de contágio face ao aumento de casos que se verificam a nível nacional, que nos preocupa a todos”.

“É inconcebível que não se tenham tirado as devidas ilações e que não tenha sido criado um plano nacional de testes direcionado às respostas sociais para idosos. É imperioso que se aprenda com tudo aquilo que tem acontecido até agora e encetar uma mudança de estratégia no que diz respeito às instituições mais vulneráveis. Exige-se mais ação e menos reação. Mais uma vez, fomos obrigados a substituirmo-nos à Administração Central em matéria que é da sua competência. A nossa prioridade é, e sempre será, cuidar das nossas gentes. Iremos fazê-lo sempre que necessário. Alijó tem sido, felizmente, um concelho pouco atingido pela pandemia, fruto de muito empenho, coordenação e proatividade do município, mas é inegável que as estruturas de apoio a idosos e as corporações de bombeiros estão altamente vulneráveis e expostas”, esclareceu.

O município informou que “está a assumir totalmente os investimentos em medidas de prevenção, até porque ainda não foram assegurados pelo Poder Central os apoios excecionais às autarquias locais para poder fazer face a estas despesas” e que irá continuar “proativo na sua intervenção e empenhado em monitorizar a evolução da pandemia covid-19 no concelho, mantendo o apelo para que todos cumpram as orientações emitidas pela DGS”.