Novum Canal – Sempre novum, sempre seu.

Novum Informação – Noticias da região

Valongo: IV Conferência Internacional “Caminhos a Seguir” com seis painéis distintos e formato digital

Fotografia: Câmara de Valongo

Decorre de 19 a 20 de outubro, a IV Conferência Internacional “Caminhos a Seguir”, uma iniciativa  da Divisão de Cidadania e Juventude de Valongo, que conta com seis painéis distintos e decorrerá em formato totalmente digital.

Segundo a organização, a IV Conferência Internacional “Caminhos a Seguir” está integrada na Semana Europeia da Democracia Local (SEDL) que é organizada anualmente pela Câmara Municipal de Valongo, reunindo um conjunto de diversas iniciativas como conferências, entrevistas, inaugurações, cursos, teatros e exposições.

A Semana Europeia da Democracia Local é evento pan-europeu ocorre por volta de 15 de Outubro, em homenagem à Carta Europeia de Autonomia Local, assinada nesta data em 1985. As autoridades locais e regionais de 47 estados membros do Conselho da Europa são convidados a organizar eventos públicos, com o objetivo de “mobilizar os cidadãos europeus em torno do tema da democracia local, aumentando seu conhecimento e envolvimento nas políticas locais”.

É no contexto desta semana que a  Divisão de Cidadania e Juventude de Valongo organizará este IV Conferência Internacional “Caminhos a Seguir”.

No dia 19 de Outubro, às 14h30, decorrerá a Conferência Internacional “Um Mundo Global – Redes de Participação e Financiamento na Cidadania”, que contará a presença de oradores Internacionais com reconhecimento nas áreas de cidadania e participação.

“Pretende-se que esta seja uma conferência privilegiada na divulgação dos mais recentes conhecimentos e experiências nas diferentes áreas ligadas à cidadania e à democracia”, referiu a organização.

Refira-se que a Carta Europeia de Autonomia Local tem, também, como objetivos “incentivar os representantes eleitos a intensificar e aprofundar o diálogo com os cidadãos para revitalizar a democracia local e promover o papel do Conselho da Europa e, mais particularmente, do Congresso das Autoridades Locais e Regionais no fortalecimento da democracia local e do respeito pelos direitos humanos na Europa”.