Novum Canal – Sempre novum, sempre seu.

Novum Informação – Noticias da região

Hóquei em patins: União Sport Clube de Paredes volta a perder nos instantes finais

O União Sport Clube de Paredes, Hóquei em Patins, somou, esta tarde, a segunda derrota da fase preliminar de apuramento à 2.ª Divisão Norte, tendo perdido no seu reduto por 5-6, em partida a contar para a jornada três.

Os golos do União foram apontados por André Ferreira (1), João Vaz (1), Márcio Fonseca (1), Miguel Ferreira (2).

Numa partida  bastante competitiva, com os dois conjuntos à procura dos três pontos, o GDC Fânzeres acabou por se sobrepor na primeira metade, marcando dois golos logo no arranque do encontro.

A correr atrás do prejuízo, a formação paredense, orientada por Diogo Pereira, não baixou os braços e entrou determinada na segunda metade, criou inúmeras oportunidades de bola parada, fez um jogo competente, chegou ao 5-5 e já nos instantes finais do encontro sofreu o golo que lhe valeu a segunda derrota nesta fase preliminar.

Ao Novum Canal, Miguel Ferreira, jogador do União Sport Clube de Paredes, Hóquei em Patins, admitiu que a formação de Gondomar foi mais objetiva, teve mais posse de bola na primeira vantagem o que lhe valeu a vantagem ao intervalo, mas nos segundos 25 minutos a sua equipa esteve por cima do jogo, dispôs de várias oportunidades, mas mais uma vez,  tal como aconteceu no primeiro jogo, frente ao Póvoa, acabou por perder o jogo nos instantes finais.

“Mesmo com o resultado empatado (5-5) forçamos, tentamos chegar à vitória, mas fomos infelizes, e a vitória acabou por sorrir ao Fânzeres”, avançou, sustentando que apesar da derrota o União mantêm-se unido, coeso e motivado e no próximo jogo frente ao Clube Académico da Feira vai dar uma boa resposta e entrar em ringue para conquistar os três pontos.

“Temos consciência que com esta derrota fica mais difícil, mas não viramos a cara a luta e no próximo encontro iremos lutar pela vitória e manter o objetivo de integrar o lote das três equipas que sobem à segunda divisão nacional”, expressou.

Leonardo Rodrigues, treinador do GDC Fânzeres, realçou que a sua equipa tem trabalhado bem, este sábado, em Paredes, acabou por ser feliz e obter três pontos na reta final do encontro.

“Entramos bem no jogo, fizemos dois golos, fomos para o intervalo a vencer.  Na segunda metade, o Paredes entrou decidido para inverter o resultado negativo, encolhemos, mas soubemos sofrer, gerimos o jogo e apostamos nas transições. Sabíamos que o Paredes era forte nas  bolas paradas, mas o nosso guarda-redes esteve imbatível”, disse,  confirmando que o Fânzeres apesar de ser a equipa com o orçamento mais baixo está focado em manter-se na segunda divisão Zona Norte.

Gil Vicente, atleta do GDC Fânzeres, reconheceu que a sua equipa foi competente na primeira metade frente a um adversário competitivo.

“Sabíamos que este seria um jogo renhido, entramos bem, fomos competentes, frente a um Paredes que soube estar dentro do ringue. Na segunda metade, soubemos gerir a partida, jogamos no erro do adversário procuramos e fomos felizes. Acho que foram os detalhes a definir o resultado”, concretizou, manifestando que apesar das evidentes diferenças orçamentais que separam o Fânzeres das demais equipas, a sua equipa está focada em atingir os seus objetivos.

“Somos uma família, estamos unidos e motivados e trabalhamos afincadamente para atingir os nossos objetivos”, declarou.

No outro encontro da jornada três, o Clube Académico da Feira venceu na sua pista a AD “Os Limianos” por 5-4.