Novum Canal – Sempre novum, sempre seu.

Novum Informação – Noticias da região

Rota do Românico assinala Jornadas Europeias do Património com visitas e oficinas gratuitas

Fotografia: Rota do Românico

A Rota do Românico vai promover visitas e oficinas gratuitas, nos próximos dias 25, 26 e 27 de setembro, no âmbito das comemorações das Jornadas Europeias do Património e do Dia Mundial do Turismo.

Segundo a Rota do Românico, as atividades as jornadas, que este ano têm como mote Património e Educação, terão início no dia 25, sexta-feira, às 21 horas, com uma visita guiada ao Centro de Interpretação da Escultura Românica (CIER), equipamento cultural da Rota do Românico aberto ao público no passado dia 25 de julho, em Abragão, Penafiel.

Destinadas ao público infantojuvenil (6-12 anos), no dia 26 de setembro, sábado, estão previstas duas oficinas de pintura mural, no CIER, às 10:30 horas, e no Centro de Interpretação do Românico (CIR), em Lousada, às 15 horas.

De acordo com a organização, no Dia Mundial do Turismo, e celebrando igualmente o segundo aniversário do CIR, a Rota do Românico e a Câmara Municipal de Lousada vão dinamizar três visitas guiadas àquele espaço, no dia 27 de setembro, domingo, às 11, 14:30 e 16 horas. No final, todos os participantes receberão uma lembrança alusiva ao tema do Dia Mundial do Turismo 2020 – Turismo e Desenvolvimento Rural – que pretende valorizar o papel da atividade turística na oferta de oportunidades fora das áreas urbanas e na preservação do património cultural e natural em todo o Mundo.

Fotografia: Rota do Românico

Todas as atividades referidas carecem de inscrição prévia e estão limitadas a nove participantes cada.

No Dia Mundial do Turismo, todos os ingressos no CIR e no CIER serão gratuitos.

A Rota do Românico é um projeto turístico-cultural que reúne, atualmente, 58 monumentos, distribuídos por 12 municípios dos vales do Sousa, Douro e Tâmega (Amarante, Baião, Castelo de Paiva, Celorico de Basto, Cinfães, Felgueiras, Lousada, Marco de Canaveses, Paços de Ferreira, Paredes, Penafiel e Resende), no Norte de Portugal.

As principais áreas de intervenção da Rota do Românico abrangem a investigação científica, a conservação do património, a dinamização cultural, a educação patrimonial e a promoção turística.