Novum Canal – Sempre novum, sempre seu.

Novum Informação – Noticias da região

Penafiel: Certame literário Escritaria dá a conhecer vida e obra de Mário Zambujal

O escritor Mário Zambujal será o autor homenageado da 13.ª edição do festival literário Escritaria, uma iniciativa promovida pela Câmara de Penafiel que decorre de 18 a 25 de outubro.

Num evento conhecido a nível nacional, esta é uma oportunidade para os seguidores e admiradores do escritor ficarem a conhecer a obra de um dos mais carismáticos prosadores portugueses.

Além da literatura, Mário Zambujal é autor de textos para televisão e teatro. Foi jornalista de “A Bola”, de “O Jogo”, subchefe de redação de “O Diário de Lisboa”, chefe de redação de “O Século”, diretor-adjunto do “Record”, diretor do “Mundo Desportivo” e dos semanários “Se7e” e “Tal & Qual”, subdiretor do Canal 2 da RTP e apresentador de diversos programas de televisão.

Mário Zambujal é autor da “Crónica dos Bons Malandros”,  obra adaptada para televisão cuja rodagem está a decorrer com a realização de Jorge Paixão da Costa.

O escritor é também de obras como “Histórias do Fim da Rua”; “À Noite Logo se Vê”; “Fora de Mão”; “Primeiro as Senhoras”; “Já Não se Escrevem Cartas de Amor”; “Uma Noite Não São Dias”; “Dama de Espadas”; “Longe é um Bom Lugar”; “Cafuné”; “Serpentina”; “Talismã”; “Romão e Juliana”.

“Então, Boa Noite e Rodopio” é o mais recente trabalho do autor. Estas obras irão emprestar personagens às ruas de Penafiel.

Em comunicado enviado aos órgãos de comunicação, o município informou que no ano em que Penafiel celebra 250 anos de elevação a cidade, a segunda mais antiga do distrito do Porto, a organização da Escritaria decidiu ainda homenagear igualmente a vida do Jornalista Fernando Alves que celebra este ano 50 anos de carreira na Rádio.

Está prevista uma conversa “intimista” e o reconhecimento público ao “poeta da rádio” que tem sido uma presença assídua no Festival Literário, conversando de forma absolutamente singular com os vários autores que têm passado por Penafiel“, lê-se na respetiva nota.

Segundo a organização, em 2020 a Escritaria vai ainda apresentar novidades em termos culturais com projetos inovadores a divulgar oportunamente e que vão reforçar, ainda mais, a ligação de Penafiel como cidade das palavras e da literatura.

Depois de Urbano Tavares Rodrigues, José Saramago, Agustina Bessa-Luís, Mia Couto, António Lobo Antunes, Mário de Carvalho, Lídia Jorge, Mário Cláudio, Alice Vieira, Miguel Sousa Tavares, Pepetela e Manuel Alegre, chegou a vez de destacar a vida e obra de Mário Zambujal.

A 13º edição do único festival literário, em Portugal, que se dedica a homenagear um escritor vivo de língua portuguesa irá trazer novidades. Além da transformação da cidade em torno do escritor homenageado e da sua obra, com alusões nas montras, exposições, arte de rua, teatro e música, a Escritaria irá difundir os seus principais momentos via streaming, de forma a mitigar o distanciamento social.

A pandemia obriga a sermos ainda mais criativos de forma a satisfazer os penafidelenses e os visitantes da Escritaria que tanto acarinham o Festival literário.

À semelhança de todos os autores e nomes grandes que já passaram por Penafiel, Mário Zambujal terá uma frase e a sua silhueta no corpo da cidade. Ficará para memória de sucessivas gerações.

Penafiel continua a receber e a difundir a literatura portuguesa“, acrescenta o texto.