Novum Canal – Sempre novum, sempre seu.

Novum Informação – Noticias da região

Espetáculo “Terra Queimada” adverte para os perigos de brincar com o fogo

A Senhora do Salto, em Aguiar de Sousa, concelho de Paredes, acolhe no dia 25 de setembro, sexta-feira, às 21h00, o espetáculo “Terra Queimada”, evento cultural que mistura várias linguagens, a música, artes de rua, dança e teatro, numa iniciativa que tem como finalidade alertar para os perigos de brincar com o fogo.

A peça será exibida no dia 26 em Recarei, junto às piscinas, e no dia 27 na freguesia da Lomba, em Gondomar, no Cais Fluvial de Pé de Moura, numa matiné marcada para as 16h30. As entradas são gratuitas, mas é necessária marcação prévia.

Segundo a organização, o projeto nasceu no âmbito de uma candidatura ao concurso “Não Brinques com o Fogo”, “uma iniciativa da Agência para a Gestão Integrada dos Fogos Rurais – AGIF e da Direção Regional de Cultura do Norte – DRCN, cujo vencedor foi um consórcio que agrega diversas entidades como a Associação Cultural Astro Fingido, que terá a seu cargo a responsabilidade da coordenação e supervisão geral/artística, a Jangada Teatro (Lousada), que se incumbirá do desenho de luz e som, a Mandrágora Teatro (Espinho e Gondomar) responsável pela criação das marionetas, a Academia InDance (Porto e Matosinhos) responsável, com a coreógrafa Cláudia Marisa, pelas coreografias e o Bando das Gaitas (Lousada) que ficará ao leme das interpretações da música da autoria de Ricardo Fráguas”.

Fotografia: Astro Fingido Associação Cultural

De acordo com a organização, “Terra Queimada” tem “como objetivo primordial alertar para o contributo dos comportamentos negligentes no fenómeno dos fogos florestais”, tendo também como propósito “sensibilizar para as ignições imponderadas”.

Queimadas e uso pouco adequado de máquinas em terrenos de mato e florestas, em períodos de alerta e sem as devidas precauções, serão parte integrante do conteúdo dramatúrgico, versadas com comicidade didáctica para divertir e fazer pensar”, informa ainda a organização.

O espectáculo que mobiliza cerca de 40 pessoas na sua criação e execução, como Patrick Hubmann na cenografia ou Ana Isabel Nogueira nos figurinos, conta ainda com as participações de elementos do CETEATRO (Cête/Paredes) e Ruínas Teatro, de Lousada.

Já no dia 24 de setembro, quinta-feira, na Senhora do Salto, em Aguiar de Sousa, pelas 16h00, terá lugar um ensaio para a imprensa, onde serão apresentados alguns excertos do espectáculo.

As apresentações do espetáculo obedecem às normas vigentes da Direção Geral de Saúde. O acompanhamento está a ser feito pelos municípios em diálogo com a DGS”, lê-se na nota que nos foi enviada.