Novum Canal – Sempre novum, sempre seu.

Novum Informação – Noticias da região

Movimento em Baltar contesta “destruição” do ringue localizado no centro da vila

Fotografia: Movimento Salvar o Ringue de Baltar

O Movimento  Salvar o Ringue de Baltar, criado recentemente, lançou uma petição online contra o que considerou ser a “destruição” do Ringue da Feira, um espaço emblemático na vila, usado por gerações de famílias e que faz parte da consciência e património da vila.

A petição com a designação “Contra a Destruição do Ringue de Baltar” é dirigida ao presidente da Assembleia de Freguesia, José Alberto de Sousa, e ao presidente da Junta de Freguesia de Baltar, Jorge Coelho,  tendo já sido assinada por 90 subscritores.

O texto da petição refere que o Movimento Salvar o Ringue de Baltar surgiu na sequência do “anúncio”feto “pela Junta de Freguesia de Baltar” de “ destruir o Ringue da Feira”.

Os subscritores do Movimento advogam que o Ringue da Feira é um equipamento usado diariamente por várias faixas da comunidade baltarense.

“Situado no centro da freguesia, o ringue da Feira é usado diariamente pelos baltarenses e não só para a prática do desporto. Este equipamento traz vida ao centro da vila há muitos anos e junta desde os mais jovens aos mais velhos numa paixão que é o futebol. Pedimos encarecidamente ao Presidente da Assembleia de Freguesia de Baltar e ao Presidente da Junta de Freguesia de Baltar que não destruam este relvado regado de tantas emoções, alegrias e conquistas, tanto em jogos amigáveis como em torneios!” refere o texto da petição que se encontra ainda em votação.

Fotografia: Movimento Salvar o Ringue de Baltar

Numa nota à imprensa, os elementos que integram o Movimento Salvar o Ringue de Baltar esclareceram que estão contra o que consideram ser uma “atrocidade”.

“Aquando da Presidência Aberta que decorreu em 2019 em Baltar, foi apresentado o projeto de requalificação do centro da freguesia. Esse projeto implica a destruição do vulgo Ringue da Feira existente desde o fim da década de 70. Foi no seguimento deste projeto que surgiu o Movimento Salvar o Ringue de Baltar numa perspetiva de bloquear a atrocidade que está prestes a acontecer e chamar à razão o Executivo da Junta de Freguesia e a Assembleia de Freguesia”, afirmaram  os elementos do movimento que reiteraram que o “Ringue da Feira é utilizado diariamente pelos baltarenses e habitantes de freguesias próximas para a prática do desporto, contribuindo para a dinamização da Vila de Baltar há cerca de 40 anos e junta desde os mais jovens aos mais velhos numa paixão que é o futebol”.

Ainda de acordo com a nota à imprensa, a “Junta de Freguesia numa perspetiva compensatória ao lugar da Igreja pela “perda” do Campo de Futebol do USCB, pretende transferir para este local o polidesportivo sintético”.

Fotografia: Movimento Salvar o Ringue de Baltar

“O Movimento concorda e apoia a criação de um equipamento deste género na zona da Igreja, no entanto, considera que a construção de um novo ringue não implica a destruição do relvado existente no centro da freguesia”, salientaram.

Fonte ligada ao Movimento disse, ainda, ser a favor da sua requalificação, mostrando-se esperançado que o presidente da Assembleia de Freguesia e o presidente da Junta de Freguesia de Baltar sejam sensíveis aos  argumentos da comunidade e evitem “destruir” um património que é de todos.

O Movimento Salvar o Ringue de Baltar criou, entretanto, uma página de Facebook com o objetivo sensibilizar a comunidade para esta causa e para a importância deste espaço.

Contactado pelo Novum Canal, o presidente da Junta de Freguesia de Baltar, Jorge Coelho, relembrou que o projeto de requalificação do centro da vila foi apresentado em 2018 e, à data, afirmou, não houve qualquer contestação.