Novum Canal – Sempre novum, sempre seu.

Novum Informação – Noticias da região

GNR promove projeto “Regresso às aulas 2020” deixando sugestões a pais, alunos e demais intervenientes da comunidade educativa

A Guarda Nacional Republicana (GNR), realiza, no período de 14 a 25 de setembro,  um conjunto de ações de sensibilização dirigidas aos diversos intervenientes no ambiente escolar, desde professores, alunos e encarregados de educação, em todos os estabelecimentos escolares na sua área de responsabilidade.

Segundo as autoridades, o projeto tem como objetivos “transmitir conselhos de segurança e restringir ações, atitudes e comportamentos de risco potenciadores da propagação da pandemia COVID-19, em todo o território nacional”.

De acordo com a GNR, neste período, as secções de Prevenção Criminal e Policiamento Comunitário (SPC) e os militares dos postos territoriais irão promover ações de sensibilização no âmbito da segurança na rua, em casa e ainda segurança rodoviária.

Com o aumento do fluxo de trânsito devido ao transporte dos alunos para a escola, as autoridades confirmam ser “importante alertar os condutores para a utilização dos cintos de segurança e dos sistemas de retenção para crianças. Irão também ser realizadas ações de patrulhamento orientado para o cumprimento das normas destinadas a prevenir a propagação da Covid-19”.

A GNR, para além da transmissão de conselhos de segurança aos encarregados de educação, irá divulgar o “Programa Escola Segura e dar a conhecer os militares responsáveis pelo programa na respetiva escola, com a distribuição do número de contacto das SPC, contribuindo desse modo para uma maior consciencialização dos encarregados de educação para a importância da segurança escolar dos jovens alunos e para uma melhor preparação das crianças e jovens, para os desafios que irão encontrar no regresso às aulas, aumentando o sentimento de segurança da comunidade escolar”.

Fotografia: Agrupamento de Escolas Felgueiras

A GNR tem à sua responsabilidade cerca de 5 mil estabelecimentos de ensino, onde os militares irão promover estas ações e transmitir alguns conselhos de segurança aos jovens estudantes, aconselhando a no deslocamento de e para a escola circular sempre que possível acompanhado ou em grupo e evita passar em locais isolados ou com pouca luz, memorizar no telemóvel o número do Posto da GNR local, num dos números de marcação rápida“, lê-se na nota de imprensa que nos foi enviada.

As autoridades aconselham, também, os alunos a esperar pelos pais, por algum familiar ou amigo, dentro da escola.

A ação das autoridades vai, também, passar pela internet, sendo que as forças de segurança aconselham os alunos a escolher bem os conteúdos publicados, não deixar as palavras-passe acessíveis, não as mostrar a amigos, recomendando os alunos a usar diferentes palavras-passes para vários serviços.

As autoridades sugerem, também, se o aluno se sentir ameaçado na internet, a  pedir ajuda a outra pessoa.

Qualquer pessoa pode estar online. Não acredites em tudo o que te dizem ou mostram;  Não te isoles. Se te acontecer algo perturbador online, denuncia.  Sempre que tiveres um problema, informa os teus pais ou encarregados de educação ou pede ajuda a um professor ou a um auxiliar da escola”, advertem as autoridades.

A campanha tem, também, como público-alvo os pais, sendo várias as recomendações que as autoridades sugerem.

Acompanhe o desenvolvimento escolar e as suas rotinas do seu filho; Ensine o seu filho a colocar o número do Posto da GNR local, num número de marcação rápida; Sempre que tiver conhecimento ou suspeita de que o seu filho ou colegas estejam a ser vítimas de ameaças, agressões ou outro tipo de crime, informe de imediato a GNR. A nossa ajuda poderá ser decisiva!”, refere o texto do comunicado que nos foi facultado.