Novum Canal

mobile

tablet

Jovem promessa do ciclismo nacional está de regresso às competições e quer fazer a Volta a Portugal

Partilhar por:

Fotografia: Rui Carvalho

Rui Carvalho, natural da freguesia de São Mamede de Recesinhos, concelho de Penafiel, uma jovem promessa do ciclismo nacional, que se chegou a afirmar-se muito novo como dos melhores ciclistas da sua geração, está de regresso à modalidade e às competições.

A competir pela equipa do Penafiel Bike Clube Escola de Ciclismo, Rui Carvalho, atleta com um vasto curriculum, chegou a ser bronze no nacional de sub-23 de Fundo, participou nos Campeonatos do Mundo Sub-23, na Volta a Portugal do Futuro e na Volta a França do Futuro,  assumiu querer voltar a competir e a fazer aquilo que sempre gostou.

O aleta avançou mesmo que uma das suas prioridades passa por participar, já no próximo ano, na Volta a Portugal em Bicicleta.

“Acredito no meu valor, conheço as minhas capacidades e sinto que tenho ainda muito para  dar ao ciclismo. O Penafiel  Bike Clube concedeu-me  esta possibilidade de regressar, depois de uma longa paragem, quero competir e acredito que com os resultados a surgirem, terei possibilidades de fazer um contrato com uma equipa profissional que me permita fazer a Volta a Portugal em Bicicleta, já no próximo ano. Estou empenhado  em conseguir atingir esse patamar e é com esse objetivo que vou dar o melhor  de mim nos próximos meses”, frisou.

Para já, o atleta realçou que está focado em obter o melhor resultado possível, este domingo, em Seia, a contar para o Campeonato Nacional de Rampa, ao serviço do Penafiel  Bike Clube Escola de Ciclismo, numa prova dura própria para atletas habituados a competições duras e de montanha como é o caso de Rui Carvalho.

Fotografia: Rui Carvalho

“É a primeira vez que vou fazer esta prova, sei que o percurso é extremamente inclinado, com subidas bastante acentuadas, mas acredito ma minha forma física e estou expectante que se a corrida me correr de feição, poderei fazer um bom resultado”, afirmou, reconhecendo que tem ainda muito para dar ao ciclismo  e só competindo e voltando às provas poderá vir a ganhar a visibilidade e a notoriedade que lhe permitam afirma-se como um dos melhores na sua especialidade e dar o salto para uma equipa profissional.

“Quero mostrar que continuo cá e mantenho o bichinho pelo ciclismo”, acrescentou.

O atleta relevou, também, o apoio que tem recebido por parte do Penafiel Bike Clube Escola de Ciclismo, confirmando sentir-se acarinhado quer pelos colegas quer pela estrutura técnica pela oportunidade que lhe deram e pela possibilidade de se afirmar num projeto que tem como principal foco a formação.

“Sou mais um elemento entre muitos e vim para o Penafiel Bike Clube com o objetivo de ajudar e colaborar em tudo o que for necessário, apoiar os meus colegas, dar o meu melhor  e apoiar a equipa a atingir os seus intentos nas competições em que participar”, atalhou.

Rui Carvalho enalteceu também o trabalho que a Silva & Vinha A.D.R.A.P Sentir Penafiel tem vindo a realizar em prol da modalidade, recordando que foi na Adrap que fez a sua formação.

O atleta passou depois pelo Maia e transferiu-se posteriormente para a equipa de ciclismo de Mortágua (Anicolor).  

Tido com um dos melhores atletas da sua geração, conhecido pela sua robustez física, Rui Carvalho chegou a conquistar inúmeros prémios e impôs-se como um dos atletas de eleição da sua geração, com várias presenças em prémios nacionais e sempre em lugares de destaque.

O presidente e coordenador Escola ciclismo Penafiel Bike Clube, Renato Gaspar, enfatizou as qualidades físicas de Rui Carvalho e assumiu que este é uma mais-valia para a formação penafidelense.

“Estamos a falar de um atleta conhecido pela sua robustez físico, que  tem condições para se afirmar em qualquer equipa,  continuar a evoluir e no domingo, em Seia, no Campeonato Nacional de Rampa, acredito que é um dos candidatos a vencer a prova. Se isso não acontecer, não tenho dúvidas que ficará no lote dos cinco primeiros”, declarou, assumindo que esta prova apesar de ter uma pendente medida de 8 a 9%, pelas suas características, é a ideal para um atleta como Rui Carvalho.

“O Rui tem tudo para  fazer pódio”, sustentou, sublinhando que o atleta é sem dúvida uma mais-valia para o Penafiel Bike Clube Escola de Ciclismo, continua a ser um ciclista com qualidades únicas que poderá acrescentar valor e ajudar a formação penafidelense a crescer.

Sobre as ambições do atleta de integrar a Volta a Portugal, já no próximo ano, Renato Gaspar afirmou não ter dúvidas que Rui Carvalho vai rapidamente provar e afirmar todo o seu valor e conseguir o tão almejado contrato profissional que lhe permita dar o salto e eventualmente participar, já no próximo ano, naquela que é a competição rainha do país..

Além da presença no Campeonato Nacional de Rampa, Rui Carvalho vai também fazer o Campeonato Nacional de Contrarrelógio, agendado para dia 20 deste mês, em Castelo de Vide, Portalegre.

Refira-se que o Campeonato Nacional de Rampa é uma prova organizada pela Federação Portuguesa de Ciclismo que irá contar com certa de 400 atletas. Além das provas amadoras, a competição conta, também, com equipas profissionais.


Partilhar por:

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!