Novum Canal

mobile

tablet

Câmara de Paredes apresentou projeto para combater exclusão social

Partilhar por:

Fotografia: Câmara de Paredes

A Câmara de Paredes apresentou, na terça-feira, no auditório da Casa da Cultura de Paredes, Plano de Ação do “Paredes Integra” (Quarta Geração) do CLDS – Contrato Local de Desenvolvimento Social, projeto que tem como metas combater a exclusão social e tem uma dotação financeira de 700 mil euros.

Segundo a Câmara de Paredes, o projeto  CLDS 4G“Paredes Integra” resulta da criação da  portaria nº229/2018, de 14 de agosto, que criou a 4ª geração do Programa de Contratos Locais de Desenvolvimento Social que, por conseguinte, aprovou o Regulamento específico que estabelece as normas orientadoras para a execução do programa.

De acordo com o município, o concelho de Paredes foi identificado como território de intervenção, tendo a autarquia aceite o convite e manifestado o seu interesse no processo como entidade promotora e selecionado a ADIL – Associação para o Desenvolvimento Integral de Lordelo como entidade coordenadora local da parceria (ECLP) para o desenvolvimento do projeto, assente numa lógica de continuidade, uma vez que a instituição já desenvolveu as outras três gerações.

O Contrato Local de Desenvolvimento Social de Quarta Geração no concelho de Paredes designa-se por “Paredes Integra” e visa promover a inclusão de grupos populacionais que revelem maiores níveis de fragilidade social, de forma a combater a exclusão social, através de uma intervenção de proximidade, realizada em parceria com os diferentes atores locais e utilizando recursos localmente disponíveis.

As ações a desenvolver pelo “Paredes Integra” incidem em vários  eixos de intervenção,  sendo constituído por dois eixos, o eixo I – Emprego, Formação e Qualificação e o eixo II – Intervenção Familiar e Parental, Preventiva da Pobreza Infantil.

O “Paredes Integra”, tem como objetivos aumentar o nível de coesão social do concelho de Paredes; focar a sua intervenção nos grupos populacionais com maiores fragilidades sociais; reunir esforços entre o setor público e privado na divulgação e execução do projeto e fortalecer a ligação entre as ações a desenvolver e os diferentes instrumentos municipais de planeamento existentes.

Para a concretização desses objetivos, prevê-se a execução de 10 ações com atividades de natureza diversa, que constam de um Plano de Ação aprovado em sede do Conselho Local de Ação Social de Paredes.

O projeto que integra uma equipa multidisciplinar,  constituída por uma coordenadora técnica, uma psicóloga, uma economista, uma assistente social e uma educadora social, estará no terreno durante 36 meses, sendo um programa cofinanciado pelo POISE Programa Operacional de Inclusão Social, Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Social Europeu.

O Eixo I – Emprego, Formação e Qualificação pretende favorecer os processos de integração profissional, social e pessoal, dos desempregados; capacitar e ajudar a desenvolver atitudes de procura ativa de emprego.

No domínio da procura ativa de emprego pretende-se informar e encaminhar no âmbito do Emprego “ESPAÇO + EMPREGO, proceder ao atendimento personalizado e descentralizado de informação e apoio na procura de emprego.

A procura atida de emprego prevê a realização de um diagnóstico do perfil individual dos desempregados, de forma a definir o seu percurso profissional, será facultada informação e aconselhamento no uso das técnicas de procura de emprego, ajustadas às características dos destinatários. Pretende-se, também, promover a diminuição do número de pessoas desempregadas no território, constituir uma bolsa de candidatos a emprego, com follow-ups de integração, promover  workshops de Técnicas de Procura Ativa de Emprego “TÉCNICAS PARA EMPREGO”, workshops, com várias sessões, de capacitação em grupo, de ajuda no desenvolvimento de atitudes de procura de emprego, adquirindo competências facilitadoras no processo de integração, aumentando a empregabilidade  e contribuindo para a inserção socioprofissional, workshops de Promoção de Competências para a Integração “KIT INTEGRAÇÃO”, entre outras ações.

Fotografia: Câmara de Paredes

No âmbito das medidas ativas de emprego pretende-se incrementar sessões de divulgação das Medidas Ativas de Emprego “MEDIDAS A SABER”, favorecer o aumento da integração profissional e pessoal de desempregados através das diferentes medidas, apoiar o enquadramento de projetos de autoemprego e de empreendedorismo nos diferente programas e instrumentos de apoio, promovendo o encaminhamento dos interessados para o apoio técnico, entre outras.

O projeto prevê também várias ações na área do empreendedorismo nomeadamente com o “PAREDES EMPREENDE”, a realização de fóruns, seminários, palestras, encontros de empresários e empreendedores para reflexão sobre os novos comportamentos e atitudes empreendedoras, entre outros,

NO eixo formação qualificação propõe-se fomentar oportunidades de formação e qualificação existentes no território,  divulgar diária/semanalmente, as oportunidades de qualificação e formação, disponibilizadas pelo  IEFP (GIP’s) e pelas entidades formadoras parceiras, sensibilizar os empresários e as instituições e as entidades empregadoras locais para uma participação ativa na concretização de medidas ativas de emprego e em processos de inserção profissional e social, entre outras.

O projeto estabelece objetivos, também, em domínios como a inserção profissional e social, a promoção do Encontros para a Empregabilidade “INTEGRAR PAREDES”,  outras atividades na área do ensino, orientação e integração.

No eixo II– Intervenção Familiar e Parental, preventiva da Pobreza Infantil estão previstas ações dirigidas, prioritariamente, aos agregados familiares de baixos rendimentos com crianças, tendo como objetivos apoiar esses agregados familiares em processos de qualificação familiar, designadamente os que propiciam a informação sobre os seus direitos de cidadania, o desenvolvimento de competências dos respetivos elementos e de aconselhamento em situação de crise

São, também, estabelecidos objetivos e atividades no domínio da ação e mediação familiar e direitos das crianças e jovens, ações de sensibilização sobre os Direitos de Cidadania e Igualdade de  Género “(RE)AGIR”, ações de Promoção Estilos de Vida Saudáveis e ações no âmbito do Grupo de Trabalho para a Inclusão, nomeadamente natação Inclusiva e Encontro Nacional de Natação Inclusiva, Boccia Inclusivo e Encontro Nacional de Boccia Inclusivo, Encontro Nacional de Golfe Inclusivo, dança Inclusiva e Encontro Nacional de Dança Inclusiva, entre outras atividades.


Partilhar por:

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!