Novum Canal

mobile

tablet

Covid-19: Presidente da Câmara de Lousada reconhece existência de pequenos surtos no país e releva importância da cooperação

Partilhar por:

O presidente da Câmara de Lousada, Pedro Machado, admitiu, na sua página do facebook, que poderá existir um agravamento da situação do número de contágios no país, de acordo, com os especialistas, mas relevou a importância  de se manter a colaboração e cooperação entre os vários atores e agentes no terreno.

“Não devemos alarmar ou intimidar a população, mas sim transmitir confiança para que o nosso dia-a-dia continue, as empresas funcionem, o comércio continue ativo e a recuperação económica não seja prejudicada com atos inconscientes que podem deitar tudo a perder.Os especialistas em Saúde Pública afirmam que se prevê um agravamento da situação no país mas isso não poderá significar insucesso. É uma nova fase que aí vem, em que outras doenças poder-se-ão confundir com a sintomatologia típica da infeção por Covid19 mas temos que estar preparados para agir, atuar rapidamente e promover a saúde de cada um de nós, com total transparência e sentido cívico”, disse, confirmando que existir um aumento ténue de contágios nas últimas semanas em Lousada, mas que esta é uma situação que está em linha com o passado e enquadráveis com um período de maior acalmia epidémica.

“ As notícias das últimas semanas levam-nos a constatar um aumento no número de casos um pouco por toda a Europa e, ultimamente, também no nosso país. É também um facto que vários concelhos, alguns próximos de nós, têm sido alvo de pequenos surtos e esse facto tem-nos colocado sob contínuo alerta no que se refere ao combate ao Covid19. Em Lousada, apesar de ligeiros aumentos nas últimas semanas, perfeitamente em linha com o passado e enquadráveis com um período de maior acalmia epidémica, estamos preparados para continuar a trabalhar na proteção da nossa população, juntamente com as mais diversas entidades locais e regionais. Nenhum de nós parou de trabalhar, o centro de testes no Complexo Desportivo esteve sempre a funcionar e continuamos atentos aos novos casos, apoiando quem mais precisa e recorre à nossa ajuda”, disse.

O autarca esclareceu que com o início do novo ano escolar, a autarquia está a trabalhar juntamente com os agrupamentos de escolas para assegurar as melhores condições de segurança aos alunos, professores e demais comunidade escolar.

“ No mesmo seguimento, temos estado em contacto com as diversas IPSS para tudo o que necessitam e auxiliar na preparação das inúmeras respostas sociais que entrarão numa nova fase neste período pós-férias. Esta colaboração estende-se, evidentemente, a todas as instituições-chave do concelho, com particular destaque para os Bombeiros Voluntários, GNR e Centros de Saúde”, expressou, realçando a importância dos munícipes adotarem comportamentos responsáveis.

“Perante todo este trabalho que envolve o Município, Juntas de Freguesia e demais entidades, pedimos à nossa população que promova comportamentos responsáveis. Hoje em dia, todos sabemos o que podemos e não podemos fazer! Todos sabemos as atitudes que devemos adotar para nos protegermos e a toda a nossa comunidade. Por essa via, solicitamos um reforço destes comportamentos de higiene, distanciamento, uso de máscaras e desinfeção, seja para jovens ou menos jovens! Todos temos que fazer o que nos compete!”, referiu.

O chefe do executivo lousadense realçou, também, a importância dos munícipes manterem a confiança e a tranquilidade.

“Ao longo dos últimos meses, os lousadenses têm sido incansáveis e conseguimos ultrapassar tempos difíceis, protegendo os mais vulneráveis e aqueles que mais precisavam do nosso auxílio, com o precioso trabalho de centenas de pessoas com um único objetivo – AJUDAR. Sei que se algo correr mal, não faltará quem aponte o dedo para esta ou aquela falha, mas tenho a certeza que todas as instituições Lousadenses, com particular destaque para os profissionais dos setores da saúde, social, municipal, bombeiros e GNR, tudo estão a fazer para que a situação epidemiológica continue controlada. Por isso, é necessário que todos cumpram a sua parte e que se protejam. Estaremos cá para ajudar em qualquer situação e circunstância”, avançou.


Partilhar por:

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!