Novum Canal

mobile

tablet

Jovem de Freamunde indigitada para Miss Universo assume que representar Portugal é o concretizar de um sonho

Partilhar por:

Fotografia: Câmara de Paços de Ferreira

Cristiana Silva, a jovem de Freamunde, indigitada pela Miss Portuguesa para o representar o país na 69.ª edição do concurso Miss Universo, que se realizará nos EUA, em data a anunciar, assumiu um declarações ao Novum Canal que representar o país é o corolário de um sonho.

“A notícia foi uma completa surpresa. No entanto, há que referir que ao concorrermos ao concurso Miss Portuguesa sabemos que podemos aceder aos concursos do Grand Slam. Eu concorri em 2019 e consegui o título de 1.ª Dama de Honor. A Organização Miss Portuguesa tem um conhecimento profundo de todas as finalistas e tendo em conta tudo o que estamos a viver e não tendo realizado a Edição de 2020, a escolha da representante de Portugal no Miss Universo recaiu em mim o que me deixou repleta de orgulho. É para mim o concretizar de um sonho e irei representar o meu País com um grande sentido de responsabilidade e dedicação”, disse, salientando que a notícia suscitou de imediato reações dos amigos mais próximos e de todos quantos são parte essencial da sua vida.

“Os meus familiares e amigos ficaram radiantes com a notícia. Felizmente, tenho recebido o apoio de todos eles que são parte essencial na minha vida. De salientar que o apoio da minha família desde o início desta minha jornada que foi e é fundamental para o meu sucesso”, referiu.

“Não levarei simplesmente o nome de Portugal comigo, quero dar a conhecer também a minha Freguesia e o meu Concelho”

Cristiana Silva  admitiu que a sua indigitação representa também um orgulho para a cidade de Freamunde, o concelho de Paços de Ferreira, constituído uma oportunidade para dar a conhecer as suas raízes, a região e o país.

“Humildemente considero que sim. Este título permite-me dar a conhecer as minhas raízes, a nossa terra e o meu país. Por isso mesmo gostaria de saber que os meus conterrâneos sentem orgulho em me ter como Miss Universo Portugal. Não levarei simplesmente o nome de Portugal comigo, quero dar a conhecer também a minha Freguesia e o meu Concelho, neste concurso. Assim como, os levarei para todos os locais que tiver o gosto de visitar. Afinal de contas, estas são as minhas origens e é com orgulho que as darei a conhecer pelo mundo”, concretizou. 

Questionada sobre as expectativas que tem para a 69.ª edição do concurso Miss Universo, Cristiana Silva manifestou estar otimista na obtenção de um bom resultado.

“As minhas expectativas são elevadíssimas. Tal como acontece em todos os desafios a que me proponho o objetivo é sempre ganhar, chegar o mais longe possível.  Trabalho muito duro para isso mesmo. Por isso, irei fazer o melhor que conseguir, quero fazer soar o nome de Portugal no palco do Miss Universo”, acrescentou, sustentando ter iniciado já a sua preparação para o que considerou ser um dos mais importantes concursos de beleza do mundo.

“Sim, a partir do momento que recebi a notícia da indigitação como Miss Universo Portugal 2020. Este é um dos maiores concursos de beleza do mundo, estarão cerca de 90 países em concurso. A fasquia é elevadíssima e por isso é necessário aproveitar todo o tempo que tenho para estar no meu melhor. Conto com o apoio da Organização Miss Portuguesa, que é responsável por planear e orientar toda a minha preparação. Todo este processo exige muita dedicação e trabalho que muitas vezes não é visível para o publico”, atalhou.

“Em 2019 inscrevi-me no concurso Miss Portuguesa, e em abril desse mesmo ano fui eleita Miss Portuguesa Gaia. Foi esse título que me deu acesso direto à final nacional do concurso Miss Portuguesa”

Falando das suas qualidades pessoais, Cristiana Silva  precisou ser “uma pessoa simpática, extrovertida, altruísta, solidária e apaixonada pela vida”, tendo a ligação aos concursos de beleza surgido ainda muito nova.

“Desde muito nova que o mundo dos concursos de beleza esteve presente na minha vida. Via com grande admiração o percurso das Misses. E sempre foi uma grande vontade fazer parte desse mundo. Em 2019 inscrevi-me no concurso Miss Portuguesa, e em abril desse mesmo ano fui eleita Miss Portuguesa Gaia. Foi esse título que me deu acesso direto à final nacional do concurso Miss Portuguesa, onde alcancei o título de Primeira Dama de Honor do Miss Portuguesa 2019”, sustentou, referindo que a  nível internacional estava previsto ter participado em três concursos internacionais, mas devido à crise sanitária que está a atingir Portugal e o mundo, aqueles acabaram por cancelados ou adiados.

Fotografia: Câmara de Paços de Ferreira

“Assim, o Miss Universo será o meu primeiro concurso internacional”, precisou.

Interpelada sobre o facto de ter sido eleita 1.ª Dama de Honor em 2019, Cristiana Silva recordou que ta distinção foi resultado do seu esforço, trabalho e empenho.

“Depois de 15 dias de trabalho intenso no estágio do concurso Miss Portuguesa. De ter ultrapassado muitas provas, permanecia a esperança de ficar bem classificada, sentia que tinha dado o meu melhor durante o estágio e por isso mesmo o esforço seria recompensado. Mas quando o meu nome foi chamado como sendo Primeira Dama de Honor, não consegui conter as lágrimas, foi e ainda é um orgulho para mim, levar esta faixa e toda a responsabilidade que me acresce com ela, ao peito”, confessou.

“É preciso muita organização e foco, mas como se costuma dizer quem corre por gosto não cansa”

Além  do mundo da beleza, Cristiana Silva está a frequentar o curso de solicitadoria. Sobre estes dois mundos aparentemente distintos, a jovem de Freamunde realçou que são as duas paixões da sua vida e a sua conciliação tem sido possível graças à organização e foco que coloca em tudo na vida.

“Como tudo na vida, nada se consegue sem muito esforço e trabalho. O meu curso, a par deste mundo das Misses são duas paixões na minha vida, que me fazem muito feliz e realizada. Por isso mesmo esforço-me bastante para dar o meu melhor em cada uma delas. É preciso muita organização e foco, mas como se costuma dizer quem corre por gosto não cansa”, assegurou, .admitindo que gostaria, no futuro, de conciliar a sua formação académica e a minha responsabilidades enquanto Miss. 

“Neste momento, estou a estudar solicitadoria, mas penso que após terminar o curso continuarei a estudar e penso tirar advocacia.  No futuro, tal como fiz até agora, gostaria e tenho intenção de poder conciliar a minha formação e a minha responsabilidades enquanto Miss.  Penso que com dedicação nada me impedirá de poder conciliar estas duas áreas”, expressou.

Cristiana Silva deixou, também, uma mensagem de esperança a todas as jovens que almejam um dia seguir esta via, manifestando que com esforço, determinação e entrega é possível chegar a este patamar e cumprir o sonho de estar num dos concursos de beleza mais emblemáticos que existem à escala internacional.

“A mensagem que gostaria de deixar às jovens, é que não desistam nunca dos seus sonhos. Podemos muitas vezes não ter sucesso à primeira tentativa, mas devemos aprender e corrigir o que deve ser corrigido, sem desistir dos nossos sonhos e objetivos, pois se nos esforçarmos verdadeiramente a recompensa pelos nossos esforços acaba por chegar e é bem mais gratificante e consciente. Por outro lado, devem saber bem ao que estão a concorrer, pois infelizmente há muitos concursos, mas nem todos sérios. E conhecer o trabalho das Organizações que estão por detrás dos concursos, pois só assim irão evoluir não só como Misses mas principalmente como pessoas. E não esqueçam…. Tudo é possível desde que nos esforcemos e trabalhemos para atingir os nossos objetivos”, declarou.  


Partilhar por:

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!