Novum Canal

mobile

tablet

Presidente da CIM Tâmega e Sousa revela que concurso para a concessão de serviço público de transporte rodoviário de passageiros vai implicar negociações e fase de adaptação

Partilhar por:

Fotografia: Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa

O presidente da Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa (CIM Tâmega e Sousa), Gonçalo Rocha, destacou, em declarações ao Novum Canal, que o novo concurso para a concessão de serviço público de transporte rodoviário de passageiros vai implicar várias negociações e uma fase de adaptação.

O responsável pela CIM do Tâmega e Sousa e também presidente da Câmara de Castelo de Paiva manifestou que existe ainda muito trabalho a fazer, sendo que a entidade intermunicipal terá que dar início a um processo de negociações envolvendo vários atores e agentes locais, as autarquias, mas, também, as empresas rodoviárias.

Fotografia: CIM Tâmega e Sousa

Gonçalo Rocha concordou que a nova concessão, que substituirá as antigas concessões de transporte público em vigor até então no Tâmega e Sousa, irá ser implementada em virtude da necessidade das novas dinâmicas das populações da Comunidade Intermunicipal e da necessidade de fomentar um novo modelo mais eficaz e funcional.

Com um valor de cerca de 3,3 milhões de euros, o contrato terá uma duração de cinco anos e envolverá o fornecimento anual de, aproximadamente, 8,3 milhões de quilómetros, num total de 296 linhas. O prazo para a apresentação das propostas é de 50 dias.


Partilhar por:

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!