Novum Canal

mobile

tablet

Câmara de Lousada e Misericórdia firmam protocolo para bolsa de cuidadores
Fotografia: Câmara de Lousada

Lousada pede esclarecimentos sobre a reabertura dos movimentos seniores no concelho

Partilhar por:

Fotografia: Câmara de Lousada

O município pediu, esta segunda-feira, esclarecimentos às autoridades de saúde nacionais sobre a reabertura dos movimentos seniores no concelho.

Ao Novum Canal, o vereador da Ação Social da Câmara de Lousada, Nélson Oliveira realçou que a autarquia tem sido questionada no sentido de saber se existe uma data para a reabertura dos movimentos, depois do Governo ter aprovado na semana passada, em conselho de ministros uma resolução sobre a reabertura destas estruturas  a partir do dia 15 deste mês.

Sobre esta questão, o vereador recordou que os movimentos seniores são repostas informais, diferentes dos centros de dia,  uma resposta oficial da Segurança Social.

“Temos sido questionados sobre a data de abertura dos vários Movimentos Seniores do concelho de Lousada. Por essa via, fruto da recente orientação da Direção-Geral de Saúde  sobre os Centros de Dia e de uma reunião que mantivemos com a Srª Delegada de Saúde, enviamos hoje um ofício a questionar as autoridades de saúde nacionais sobre este assunto. Não iremos facilitar neste âmbito”, escreveu na sua página pessoal.

Ao Novum Canal, o autarca relevou a importância dos movimentos seniores para a promoção do bem-estar físico, cognitivo e social dos mais idosos, mas garantiu que nesta fase a saúde dos mesmos  e a bem-estar de todos os atores e intervenientes que trabalham diretamente com os mais idosos está acima de tudo.

“Percebemos e sabemos que os Movimentos Seniores são muito importantes para todos. São espaços de promoção do envelhecimento ativo, de acompanhamento social e onde todos se sentem bem, mas nunca poderemos dar passos em falso. Só com a superior autorização das entidades de saúde competentes e cumprindo com todas as regras é que podemos começar a pensar noutros cenários. Por esse motivo, solicitamos a máxima compreensão de todos e, apesar de todos pretenderem voltar, tudo irá ser feito com o máximo de responsabilidade, segurança e comunicado a seu tempo”, recordou.

Fotografia: Câmara de Lousada

Falando da reabertura das valências centros de dia, Nélson Oliveira manifestou ser contraproducente esta pressa de reabrir estas respostas sociais,  esclarecendo que as orientações que constam do guião orientador para a reabertura da resposta social centro de dia integram procedimentos técnicos e médicos que exigem tempo.

“A pressa é inimiga da perfeição e, neste caso, o assunto é muito sério. Por esse motivo acho contraproducente que em apenas uma semana tenham saído as orientações e já se anunciem aberturas para sábado . Em Lousada, no preciso dia em que as orientações da DGS saíram, tivemos uma reunião de trabalho com os Centros de Dia e a Delegação de Saúde. Analisando as orientações e exigências, é preciso muito cuidado, sendo certo que é necessária a anuência e fiscalização da autoridade de saúde e prescrição médica – situação que só de si é impossível fazer-se num espaço de uma semana. Para além disso, há a questão do transporte e as limitações subjacentes às IPSS. Todos sabemos que os idosos estão ávidos do reencontro com os seus pares, mas só é sensato avançar, de forma completamente controlada, solidificada e coordenada sob pena de se correrem riscos desnecessários”, confirmou, reconhecendo que apesar de burocráticas as normas que integram o guião estão bem delineadas.

Os movimentos seniores têm como uma das suas finalidades combater o isolamento da população idosa, a promoção do envelhecimento ativo através da oferta de um conjunto de atividades de educação/formação que estimulem um estilo de vida ativo, incrementar o bem-estar e o convívio intergeracional.

O projeto apresenta como população alvo, indivíduos com idade igual ou superior a 55 anos, residentes no concelho e integra  entidades executoras, que na maioria dos casos são as Juntas de Freguesia. Os Movimentos Seniores integram voluntários recrutados pelo Banco de Voluntariado de Lousada.

Atualmente existem 15 movimentos seniores no concelho, Aveleda, Boim, Caíde, Cristelos, Lousada – S. Miguel, Lustosa, Macieira, Meinedo, Nespereira, Nogueira, Ordem, Pias, Silvares, Sousela e Vilar do Torno e Alentém.

Refira-se que o guião orientador para a reabertura dos centros de dia, além dos procedimentos a adotar perante um caso suspeito de COVID-19, procede à definição de uma área de isolamento, devidamente equipada com telefone, cadeira, água e alguns alimentos não perecíveis, contentor de resíduos (com abertura não manual e saco de plástico); solução antisséptica de base alcoólica – SABA (disponível no interior e à entrada desta área); toalhetes de papel; máscara(s) cirúrgica(s); luvas descartáveis; termómetro.

“Nesta área, ou próxima desta, deve existir uma instalação sanitária devidamente equipada, nomeadamente com doseador de sabão e toalhetes de papel, para a utilização exclusiva do caso suspeito; circuitos definidos para acesso à sala de isolamento, e desta para o exterior”, refere o guião que estabelece a obrigatoriedade de contactos atualizados da Autoridade de Saúde territorialmente competente e do diretor técnico da instituição, contactos atualizados de emergência dos utentes e definição do fluxo de informação com os familiares/cuidadores.

O guião descreve, ainda, um conjunto de orientações quanto à adaptação das condições de funcionamento do Centro de Dia, condições de instalação, transporte, procedimentos prévios à reabertura do estabelecimento, entre outros.


Partilhar por:

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!