Novum Canal

mobile

tablet

Valongo: Armindo Ramalho defende que o “Povo de Sobrado merece mais respeito”
Fotografia: Associação Jornada Principal

Associação Jornada Principal realiza vigília junto à CCDR Norte e volta a exigir encerramento do aterro de Sobrado

Partilhar por:

Fotografia: Associação Jornada Principal

A Associação Jornada Principal, associação ambientalista, está a promover, esta quarta-feira, um vigília junto às instalações da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N)  exigindo o encerramento definitivo do aterro de Sobrado, instalado no concelho de Valongo.

Ao Novum Canal, a porta-voz da Associação Jornada Principal, Marisol Marques,  esclareceu que a vigila conta com a presença de 30 a 40 elementos afetos a esta causa, que  durante o dia de hoje envergaram cartazes e entoaram cânticos exigindo o encerramento do equipamento.

Marisol Marques destacou que a vigília ficou também marcada pela colocação de urnas junto à CCDR-N num gesto simbólico que pretendeu representar, “a morte lenta em que se encontra a população de Sobrado” numa alusão ao aterro e  ao que referiu ser um “atentado ambiental” e um “atentado à saúde pública”.  

A porta-voz do movimento ambientalista avançou, também, que foi entregue à CCDR-Norte uma carta aberta tendo como destinatário final o Ministro do Ambiente, Matos Fernandes, em que o movimento adverte para “os incumprimentos”, que considerou terem sido cometidos neste processo.

Fotografia: Associação Jornada Principal

Falando do que considerou serem os “”Incumprimentos claros” que constam das conclusões da inspeção que foi feita recentemente ao aterro de Sobrado, Marisol Marques declarou que o movimento não conhece para já nem obteve qualquer esclarecimento por parte nem do Ministério do Ambiente nem do ministro que o tutela, esclarecendo que o Governo, nesta matéria, limitou-se a avançar com a limitação temporária de algumas licenças.

“O que pretendemos é o encerramento total do aterro e a associação não vai desistir desta luta nem que para tal tenha que recorrer às instâncias internacionais”, expressou.


Partilhar por:

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!