Novum Canal – Sempre novum, sempre seu.

Novum Informação – Noticias da região

“Orpheu Paredes Social 2020” com figurino diferente mas apostado em continuar a promover as artes e a cultura junto das crianças mais desfavorecidas

Fotografia: Câmara de Paredes

O projeto “Orpheu Paredes Social 2020”, uma iniciativa da Câmara de Paredes, que iniciou esta segunda-feira e decorre até dia 28 de agots, vai ter este ano um figurino diferente, mas está igualmente apostado em continuar a promover as artes e a cultura junto das crianças mais desfavorecidas.

Ao Novum Canal, a vereadora da Ação Social e da Cultura da Câmara de Paredes, Beatriz Meireles,  assumiu que o programa, deste verão, devido à crise  sanitária que o país e a região estão a viver seguirá um modelo diferente, salientando que cada grupo terá o número limite de cinco elementos com idades compreendidas entre os 6 e os 12 anos, sendo um grupo de manhã e outro de tarde.

A autarca esclareceu que o horário das atividades decorrerá no período da manhã das 9h30 às 12h00 e no período da tarde das 14h30 às 17h00, estando previstas atividades presenciais, num programa diversificado que este ano tem como tema o centenário da fadista Amália Rodrigues.

Além da história do fado, os participantes vão ter a possibilidade de auscultar a narração da história, fazer uma visita virtual à casa Museu da Amália Rodrigues, fazer a ilustração de um DVD, e realizar uma ida à biblioteca, com o objetivo de visitar uma biblioteca, conhecer as regras e como se constrói um livro.

No âmbito das atividades presenciais, que além de serem limitadas, decorrerão de acordo com as regras definidas pela Direção-Geral de Saúde, os participantes vão poder criar texto, poema, participar num Peddy Paper, na montagem e construção de um livro e numa sessão do fado, um espetáculo de fado e receber trabalhos (Kit +DVD+Livro). As atividades presenciais decorrem na Biblioteca Municipal de Paredes e Casa da Cultura de Paredes

Quanto as atividades online, a vereadora da Cultura destacou que além de vídeo sobre a história do dado, as crianças irão fazer uma visita virtual à biblioteca, participar na expressão plástica “Elaboração de uma Rosa”, visionar o vídeo espetáculo de Fado e ver o vídeo performance do fado das crianças (pelas crianças que participam nas atividades presenciais).

Fotografia: Câmara de Paredes

As atividades online são disponibilizadas pelo facebook e canal Youtube da Câmara Municipal de Paredes.

 A autarca esclareceu que serão cumpridas todas as medidas de segurança, sendo que o acolhimento das crianças é realizado no exterior, é obrigatório o uso de máscara/viseira obrigatória, o distanciamento social e a desinfeção das mãos e dos materiais.

Falando do “Orpheu Paredes Social 2020”, a vereadora destacou que o programa tem como objetivos específicos promover o contacto com as artes plásticas e performativas, sendo este projeto um instrumento para as crianças oriundas de agregados familiares vulneráveis aceder a uma oferta cultural  diversificada, que de outra forma não tinham capacidade financeira para usufruir.

Beatriz Meireles manifestou, também, que o programa tem como metas despertar possíveis vocações, assim como promover a consciencialização da questão ecológica.

Fotografia: Câmara de Paredes

A responsável pelo pelouro da Ação Social da Câmara Municipal de Paredes enfatizou, ainda, que o programa sendo constituído por conjunto de oficinas artísticas, tem igualmente como meta aproximar as crianças mais desfavorecidas das artes e da cultura, criando uma oferta para os tempos livres e fomentando, ao mesmo tempo, a inclusão social através da cultura.

A autarca manifestou, por outro lado, que o programa permite contacto com materiais e experiências diferentes e funciona como um veículo para potenciar as capacidades pessoais, sociais e conhecimento.

Questionada sobre o reconhecimento que o programa goza na comunidade, Beatriz Meireles reconheceu que o “Orpheu Paredes Social 2020” beneficia , atualmente, de aceitação e forte acolhimento por parte da comunidade e dos seus destinatários.

“Quando iniciamos o programa, julgávamos até que não iríamos ter inscrições, mas verificamos que logo no arranque houve uma procura imediata e este ano, devido à pandemia da Covid-19, tivemos mesmo  de reformular o programa, conferindo-lhe um figurino diferente de forma a que todos os participantes se sintam seguros”, acrescentou.

Refira-se que no ano transato  inscreveram-se no programa 75 crianças. Este ano o “Orpheu Paredes Social 2020” conta com 20 crianças, estando inscritas 10 crianças por semana (cinco de manhã e cinco de tarde).