Novum Canal – Sempre novum, sempre seu.

Novum Informação – Noticias da região

PSD Paredes acusa executivo municipal de ter “prejudicado os paredenses em dois anos”

Fotografia: PSD Paredes

O PSD Paredes acusou o atual presidente da Câmara de Paredes, Alexandre Almeida, de ter “prejudicado os paredenses em dois anos”, críticas feitas na sequência da inauguração da ligação da Zona Industrial de Rebordosa à A41, esta terça-feira, que contou com a presença do ministro da Economia, Pedro Siza Vieira.

“No dia 14 de setembro de 2017, foi assinado o contrato de adjudicação da obra que consiste no arruamento entre a Zona Industrial de Rebordosa e a A41, em Gandra. Trata-se de uma obra necessária, que vem facilitar a vida aos empresários locais e aos paredenses em geral, projetada e adjudicada pelo executivo social-democrata. Por isso, o PSD Paredes está satisfeito com a concretização de tão importante ligação, que será uma mais-valia para a economia do concelho. Lamenta apenas que a sua conclusão, prevista para 2018, pois o prazo de conclusão da obra era de 270 dias, aconteça apenas agora. Uma espera de quais dois anos, que prejudicou muito as empresas, com o único objetivo de iludir os paredenses. Alexandre Almeida quer passar a mensagem de que se trata de uma obra socialista e, para tal, preferiu prejudicar os paredenses, fazendo-os esperar mais dois anos por esta importante via de comunicação. Inconcebível e inadmissível!”, refere o PSD em comunicado.

Fotografia: PSD Paredes

Os sociais-democratas criticaram, ainda, o que afirmam ser “falta de cultura democrática, do executivo paredense, confirmando que os vereadores do PSD não foram convidados para a cerimónia.

“O PSD Paredes lamenta também, mais uma vez, a falta de cultura democrática e de sentido de Estado deste executivo e em particular do seu presidente, Alexandre Almeida, que não tiveram a humildade de convidar os vereadores sociais-democratas para a cerimónia.  Seria de facto constrangedor inaugurar uma obra que tem mais mérito dos vereadores sociais-democratas do que seu, na presença deles! “, alude a nota de imprensa que nos foi enviada.