Novum Canal – Sempre novum, sempre seu.

Novum Informação – Noticias da região

Ministro da Economia presidiu à inauguração da ligação da Zona Industrial de Rebordosa à A41

Fotografia: Câmara de Paredes

O Ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, presidiu, esta terça-feira, à inauguração da Ligação da Zona Industrial de Rebordosa à A41, troço que irá servir mais de 200 empresas do município.

O governante assumiu que o Governo tem de estar preparado para equipar as empresas, responder às necessidades dos cidadãos e capacitar a administração pública.

O ministro reconheceu, também, que a existência de bons acessos facilita o escoamento dos produtos e torna as empresas mais próximas dos mercados internacionais, referindo-se ao programa de construção de ‘Missing´Links’ como um projeto fundamental que não deixará de ser apoiado pelo Plano de Recuperação que o Governo irá apresentar à União Europeia.

O ministro manifestou, ainda, que compete ao Estado ser capaz de apoiar as empresas para salvaguardar a sua capacidade produtiva, proteger o emprego e os rendimentos dos cidadãos.

“Existe uma contração da procura global que não foi causada pelas empresas nem pela administração pública portuguesa, é o resultado desta pandemia e o Estado tem de ser capaz de absorver o choque mais violento que isto provoca e apoiar a recuperação da economia”, atalhou.

O presidente da Câmara de Paredes, Alexandre Almeida, esclareceu que este é um investimento na ordem dos 600 mil euros, salientando que a autarquia lançou, entretanto, um concurso cujo valor base excede os cinco milhões de euros para a construção de um auditório municipal.

“Este não será seguramente o maior investimento do nosso mandato. De qualquer forma é daqueles investimento que mais gozo e mais vontade me deu iniciar”

Fotografia: Câmara de Paredes

“Este não será seguramente o maior investimento do nosso mandato. De qualquer forma é daqueles investimento que mais gozo e mais vontade me deu iniciar porque se trata de um investimento muito aguardado da comunidade, em especial da população de Rebordosa. Desde 2011 tínhamos a A41, a rotunda, mas não tínhamos o nó ligado, e sabemos que ao sermos agentes facilitadores vamos permitir ajudar as empresas que estão a atravessar uma fase difícil”, explicou, salientando que a ligação vai permitir a criação de novas unidades industriais”.

O chefe do executivo recordou, a este propósito, que já há projetos submetidos que estão a ser devidamente analisados pela autarquia com vista à instalação de novas industrias ao longo deste movo troço.

Já no Encontro Empresarial de Paredes, o presidente da câmara municipal declarou que a inovação nas empresas tem de começar nas escolas desde o ensino básico ao superior, passando pelo profissional.

“Fala-se muito da ligação das universidades ao tecido económico empresarial, mas temos ainda um longo caminho a percorrer, sobretudo, na ligação destas na ligação às pequenas e médias empresas. Só com uma cultura de formação contínua será possível acompanhar os desafios  e processos de inovação que passa pela inteligência artificial, pelas tecnologias numéricas e pela robótica”, acrescentou, defendendo a aposta em novos e mais criativos produtos.