Novum Canal – Sempre novum, sempre seu.

Novum Informação – Noticias da região

Paredes acolhe Campeonato Nacional de Estrada 2020

Fotografia: NRV Academia de Ciclismo de Paredes

A cidade de Paredes vai acolher, entre 14 e 16 de agosto, o Campeonato Nacional de Estrada 2020, competição que irá contar com várias equipas nacionais.

Segundo Mário Pinto, professor responsável pelo projeto Ciclismo na Escola BTT, a prova irá agregar provas de contrarrelógio e de fundo para corredores de elite e sub-23 masculinos, além do contrarrelógio de paraciclismo.

Ao Novum Canal, Mário Pinto realçou que inicialmente o Campeonato Nacional de Estrada previa a integração de outros escalões, mas devido à situação que a região e o país estão a atravessar provocada pela Covid-19, a Federação Portuguesa de Ciclismo optou por distribuir os restantes  escalões por outras localidades e concentrar o corredores de elite e sub-23 masculinos, além do contrarrelógio de paraciclismo em Paredes.

Apesar de todas as alterações preconizadas, Mário Pinto mostrou-se confiante que a competição vai marcar o arranque, propriamente dito, das competições velocipédicas, permitindo que atletas e demais atores e agentes ligados ao ciclismo possam competir com segurança e de acordo com as normas e diretrizes que foram previamente estabelecidas quer pela Federação Portuguesa de Ciclismo quer pela autoridade nacional de saúde.

Mário Pinto manifestou, também, que a realização desta prova irá permitir aos ciclistas  dar seguimento ao trabalho que têm vindo a realizar, sem o constante adiar das provas, por razões compreensíveis, declarou, com ganhos também do ponto de vista psicológico.

Fotografia: Mário Pinto

O responsável pelo projeto Ciclismo na Escola BTT deixou, ainda, um alerta aos simpatizantes e muitos milhares de fãs do ciclismo para que evitem concentrarem-se nas chegadas e nas partidas, defendendo antes a sua distribuição ao longo do circuito.

Mário Pinto regozijou-se, ainda, pelo facto da prova de contrarrelógio integrar um  atleta projeto Ciclismo na Escola BTT, o que, manifestou, é prova do trabalho da escola e faz jus ao  esforço que o atleta tem vindo a realizar quer no âmbito escolar quer mesmo no âmbito federado.

“Apesar de todas as contrariedades e sucessivos adiares das provas velocipédicas, acredito que estarão reunidas todas as condições para o Campeonato Nacional de Estrada possa decorrer da melhor forma possível. O mais importante é garantir a segurança dos atletas e do público”, garantiu.

Os exercícios individuais, na sexta-feira, dia 14, abrem a competição. Primeiro correm os paraciclistas, ao longo de 12,5 quilómetros.

“Seguem-se os sub-23 e os ciclistas de elite, num traçado de 18,1 quilómetros. Os contrarrelógios começam em Gandra e terminam em Baltar, ficando marcados por um traçado que pede corredores possantes. Tanto os sub-23 como a elite nacional terão uma segunda metade de prova sempre em falso plano ascendente, com alguns topos mais exigentes”.

Fotografia: Federação Portuguesa de Ciclismo

Segundo a Federação Portuguesa de Ciclismo, “as provas de fundo têm partida e chegada na cidade de Gandra. A corrida de sub-23 está marcada para sábado, 15 de agosto. O pelotão vai completar 137,4 quilómetros. Os primeiros 41,5 são feitos num percurso mais largo, antes da entrada no circuito final de 13,7 quilómetros. A corrida acaba à oitava passagem pela meta, quando os ciclistas tiveram somado um desnível positivo acumulado de 2860 metros”.

A prova de elite fecha o programa, domingo, “tendo 164,8 quilómetros e um acumulado de subida de 3480 metros. O percurso será o mesmo coberto na véspera pelos sub-23, com mais duas voltas ao circuito final”.

De acordo com a Federação Portuguesa de Ciclismo, as provas serão disputadas segundo as normas de segurança sanitária definidas para a retoma das competições de ciclismo.

“Os adeptos são convidados a seguir as provas através das informações disponibilizadas por meios digitais. Aqueles que acorram à berma da estrada devem evitar as zonas de partida e de chegada, devendo procurar locais sem aglomeração de público, respeitando as normas de distanciamento social e de etiqueta respiratória, tal como definido no manual de desconfinamento do adepto de ciclismo”, lê-se na página oficial do facebook da entidade.