Novum Canal – Sempre novum, sempre seu.

Novum Informação – Noticias da região

Diogo Rúben mantém-se ao leme do Grupo Desportivo da Livração

Fotografia: Grupo Desportivo da Livração

Diogo Rúben renovou com Grupo Desportivo da Livração e vai manter-se ao leme da formação sénior marcuense.

Ao Novum Canal, o técnico assumiu que os objetivos do Livração para a época 2020/2021 passam por encarar todos os jogos com responsabilidade e com mentalidade vencedora.

“Isto somado, significa que andaremos no topo da classificação”, disse, justificando a sua renovação com a vontade de prosseguir com o trabalho que vinha sendo realizado já na época transata, aquando da sua entrada.

“Em primeiro de tudo o que me leva a continuar no plantel é o facto de ter inciado a minha carreira de treinador sénior na época transata. Fui inserido a meio de época e agora com o começo desta, tenho como objetivo testar as minhas capacidades realizando um trabalho de forma completa. Por fim, e indo de encontro ao ponto anteriormente referido, o trabalho ficou inacabado e penso que podemos alcançar coisas interessantes na próxima época”, frisou.

Questionado se o clube tem condições para fazer melhor do que na época transata, Diogo Rúben sustentou que o foco do Livrarão passa por “realizar uma temporada bastante melhor que a época passada, em que tínhamos as expectativas altas e acabamos por não alcançar o objetivo que nos tínhamos proposto”.

Fotografia: Grupo Desportivo da Livração

O técnico manifestou que o facto de já conhecer a equipa, associada  à experiência e ao saber acumulado que, entretanto, adquiriu do plantel vão permitir-lhe corrigir, esta época, alguns aspetos no sentido de construir um coletivo competitivo.

“Penso que o facto de me ter estreado a nível sénior na época transata, deu para perceber alguns dos erros que foram cometidos, fazer uma análise e perceber onde eu juntamente com a minha equipa técnica podemos melhor. Obviamente que quando se tem a capacidade para perceber e fazer este tipo de avaliação, torna-se um passo dado em frente e pode ser favorável”, assegurou.

Já quanto ao grau de exigência da primeira divisão da Associação de Futebol do Porto, Diogo Rúben confirmou que esta divisão foi sempre competitiva.

“É claro que tem anos melhores e piores, principalmente quando existem alargamentos em que a composição da divisão fica completamente diferente, mas no geral, sim é competitiva”, expressou, sublinhando que nesta fase é prematuro apontar as equipas que possam lutar pelos lugares cimeiros.

“De uma forma muito generalizada, penso que Varziela, Penamaior e Vila Boa do Bispo são equipas que possam andar na parte cimeira da tabela, pela época realizada na época passada”, frisou.

Quanto às implicações desportivas que a crise sanitária acabou por ter no clube, o técnico do Livração destacou que estas foram transversais a todos os emblemas.  

“Penso que é comum, que esta situação veio afetar todos os clubes. Felizmente conseguimos de certa forma atenuar a situação e a nível desportivo conseguimos praticamente manter as diretrizes da época anterior”, acrescentou.

Confrontado com a questão de saber se seria possível ao Livração ter terminado a época uns patamares acima do sétimo lugar, em igualdade pontual com o FC Lixa B e o FC Vila Boa de Quires, o técnico foi perentório: “Possível seria, porque matematicamente poderíamos terminar mais acima na tabela ou o oposto. Na minha perspetiva (agora ainda mais) é muito relativo abordar essa questão”.