Novum Canal – Sempre novum, sempre seu.

Novum Informação – Noticias da região

Paróquia de Castelões de Cepeda dá nome de Vitorino Soares a auditório do Centro Pastoral Nossa Senhora Nossa Senhora da Conceição

No fim-de-semana que seria de Festas da Cidade e do Concelho, a Paróquia de Castelões de Cepeda e Madalena recebeu, esta manhã, o Bispo Auxiliar do Porto, D. Vitorino Soares, ex-pároco de Castelões de Cepeda e Paredes durante mais de vinte anos, atribuindo o seu nome ao auditório do Centro Pastoral Nossa Senhora Nossa Senhora da Conceição.

À sua chegada, o atual Bispo Auxiliar do Porto, que presidiu à missa solene do meio-dia, foi recebido pelo atual pároco de Castelões de Cepeda, Padre Arlindo Rafael e por várias dezenas de paroquianos que aguardavam ansiosamente pela sua chegada.

O pároco Arlindo Rafael, logo após a homenagem ao atual Bispo Auxiliar do Porto, momentos antes do início da missa do meio-dia, realçou que os meninos da catequese quando se deslocarem para o salão vão poder entrar no salão Vitorino Soares que ficará de ora avante assim conhecido.

Ao Novum Canal, o Bispo Auxiliar do Porto assumiu estar emocionado com este regresso à paróquia a que presidiu durante vários anos.

“Claro que as emoções não as podemos controlar, têm a ver com a nossa história, está aqui parte da minha história e não posso ficar indiferente naturalmente a este tempo que aqui passei e regresso com muita alegria porque faço parte destes últimos 25 anos da história que foi aqui construída”, disse.

Falando da homenagem que lhe foi conferida pela paróquia, Vitorino Soares assumiu que foi “um excesso”, tendo sido apenas uma parte na construção da obra.

Fui apenas uma parte da obra e, portanto, não é meu, nem fui o único que ajudei a construir a obra. Fui uma das partes e por isso considero que ali estão todos aqueles que trabalharam para a edificação deste centro pastoral. Parece  que nem me conhecem. Isto é quebrar a minha forma de ser e de estar, mas tenho de respeitar. De qualquer modo obrigado. Sou apenas um no meio de todos estes, mas de qualquer modo humildemente aceito esta generosidade que é um excesso”, disse.

Questionado sobre as suas novas funções enquanto Bispo Auxiliar do Porto, D. Vitorino Soares reconheceu que cumprir esta missão exige responsabilidade, mas também implica ser-se surpreendido todos os dias.

Cada dia é um dia novo, é um dia diferente, mas continua a ser um trabalho de missão, de serviço à Igreja. É isto que a Igreja me pede e a que também tento responder”, avançou.