Novum Canal – Sempre novum, sempre seu.

Novum Informação – Noticias da região

Reestruturação de jardim central na freguesia de Raimonda venceu Orçamento Participativo

Fotografia: Junta de Freguesia de Raimonda

A reestruturação do Jardim de Parada, equipamento central na freguesia de Raimonda, no concelho de Paços de Ferreira, da autoria de Sofia Lobo, foi o projeto vencedor do Orçamento Participativo 2020, uma iniciativa da junta de freguesia.

O presidente da Junta de Freguesia de Raimonda, Jocelino Moreira, destacou que a proposta vencedora foi votada por unanimidade e tem como propósitos promover a requalificação desta zona verde e de lazer situada bem no centro da freguesia.

O projeto, segundo o autarca, prevê a substituição das diversões infantis, já em estado avançado de degradação e representando até alguma perigosidade, sendo que os 1500 euros, valor do projeto vencedor serão utilizados na íntegra.

Além da remodelação das diversões infantis, Jocelino Moreira esclareceu que  a junta de freguesia foi mais longe e irá intervir no sistema de rega, proceder à lavagem do chão e dos muros, confirmando que irá aproveitar estas obras para fazer algumas correções.

Quanto  ao “timing” de execução da proposta vencedora, o responsável pela Junta de Freguesia de Raimonda assumiu que as obras de requalificação serão executadas o mais rapidamente possível.

Falando do Orçamento Participativo, o autarca enalteceu o volume, a pertinência, o âmbito e as áreas de intervenção das propostas que têm sido apresentadas quer neste, quer nos dois anteriores orçamentos, considerando que as mesmas são um sinal de que as pessoas estão atentas aos problemas da freguesia e da comunidade e querem participar na sua resolução, contribuindo com novas propostas.

Fotografia: Junta de Freguesia de Raimonda

O Orçamento Participativo tem três anos e o que verifico é que além da amplitude  das propostas, existem vários projetos que são perfeitamente exequíveis e que apesar de não terem vencido, a junta de freguesia está seriamente interessada em dar-lhes continuidade”, afirmou, sustentando que o Orçamento Participativo além de promover uma maior aproximação dos habitantes aos órgãos de decisão e ao poder político, são também um instrumento que possibilita que os cidadãos possam com os seus contributos contribuir para melhorar a qualidade de vida da freguesia  em diferentes domínios, dando simultaneamente pistas aos órgãos decisores para intervir em áreas que também são vitais e nucleares para o dia-a-dia dos habitantes.

Jocelino Moreira manifestou, também, que o Orçamento Participativo não sendo uma ideia original, tem merecido elogios de outras freguesias e até municípios. A este propósito, o autarca recordou que a Junta de Freguesia foi convidada pelo município de Valongo para participa num workshop que contou com a presença de outras entidades, sendo um projeto para continuar a melhor.

O presidente da Junta de Freguesia referiu, ainda, que no final do ano, a Junta de Freguesia irá apresentar um outro projeto que quer implementar em Raimonda, importado dos Estados Unidos, que vai permitir reforçar e estreitar esta relação entre os cidadãos e os decisores políticos.