Novum Canal

mobile

tablet

Sobreira quer ser Vila Residencial

Partilhar por:

Fotografia: Freguesia da Sobreira

O presidente da Junta de Freguesia da Sobreira, João Gonçalves, destacou, em declarações ao Novum Canal,  que a freguesia que comemorou, no dia 1 de julho, 17 anos de elevação a vila, quer constituir-se como uma vila residencial.

O autarca realçou que este é um projeto há muito almejado pelo seu executivo e pela comunidade local, sendo objetivo da Junta de Freguesia avançar com a reorganização social e comunitária da vila, criando um conjunto de equipamentos e condições que garantam a qualidade de vida dos seus habitantes, mas também fixem os trabalhadores das indústrias limítrofes à freguesia.

Falando  da vila residencial, o autarca esclareceu que se trata de um pojeto em construção, um investimento de paciência, que  foi iniciado por si e que está a ser executado em articulação com a Câmara de Paredes, que prevê investimentos em domínios como o das acessibilidades, ambiente, nomeadamente no saneamento básico.

“O saneamento básico é outra das importantes ações que começa a tomar forma através do Programa Life Ambiente. Se tudo correr conforme previsto, no ano 2023 a Sobreira tem uma parte do seu território habitacional coberta por rede de saneamento básico”

“A Sobreira caminha para adicionar ao estatuto de vila, a marca Vila Residencial. Para o efeito a Junta da Freguesia, em perfeita sintonia com a Câmara de Paredes e com o seu executivo, está a trabalhar com todo o empenho o tema da mobilidade, com expressão na requalificação das nossas vias de circulação, através dos contratos interadministrativos de delegação de competências”, expressou, salientando que a questão do saneamento na freguesia, que neste momento não existe, é uma questão central que deverá ficar concluída com a assunção de responsabilidades da autarquia em avançar com a construção do saneamento no sul do concelho.

Fotografia: Freguesia da Sobreira

“O saneamento básico é outra das importantes ações que começa a tomar forma através do Programa Life Ambiente. Se tudo correr conforme previsto, no ano 2023 a Sobreira tem uma parte do seu território habitacional coberta por rede de saneamento básico”, manifestou, salientando que numa primeira fase serão mil as habitações que irá beneficiar do saneamento.  

O autarca anunciou, também,  que junta de freguesia está apostada em implementar outras ações para que a marca vila residencial se torne uma realidade.

Referindo-se à elevação  da freguesia da Sobreira a vila, João Gonçalves esclareceu que este ano e tendo em conta o contexto que a região e o país vivem, a data foi assinalada apenas de forma simbólica, comemorando-se habitualmente na segunda-feira seguinte ao da festa de São Pedro, padroeiro da freguesia.

“Este ano não foi possível realizar devido à pandemia de COVID-19 que assolou Portugal e o mundo. A Sobreira, enquanto território-berço de uma comunidade, não está parada. A Sobreira avança no sentido de reforçar e ampliar as valências que viabilizaram a atribuição do estatuto de Vila. As comunidades são, por natureza, dinâmicas e o seu dinamismo é tanto maior quanto mais organizadas se encontram”, disse, sublinhando que a cerimónia contou apenas com a presença dos órgãos do executivo da Junta de Freguesia e membros da Assembleia de Freguesia.

João Gonçalves enalteceu, também, o associativismo e a diversidade cultura das instituições da vila, considerando-as um ativo e um instrumento fundamental do desenvolvimento  da freguesia e da reorganização social e comunitária.

“A comunidade da Sobreira tem o privilégio de ter no seu seio um expressivo conjunto de organizações, formais e informais, fundadas em todos os domínios onde a vida tem expressão: – educação, desporto, lazer, cultura, ação social, economia e bem-estar social de que são exemplo as cooperativas e associações responsáveis pelos subsistemas de fornecimento de água potável ao domicílio”, manifestou.


Partilhar por:

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!