Novum Canal – Sempre novum, sempre seu.

Novum Informação – Noticias da região

Delegação de Vilela da Cruz Vermelha Portuguesa assinalou 37.º aniversário de forma simbólica

Fotografia: Cruz Vermelha de Vilela

A Cruz Vermelha Portuguesa – Delegação de Vilela assinalou, no domingo, dia de São Pedro, o 37.º aniversário da instituição.

Ao Novum Canal, o  presidente da Cruz Vermelha Portuguesa – Delegação de Vilela, Joaquim Dias, realçou que apesar das adversidades que o país enfrenta, a instituição não quis deixar de assinalar de forma simbólica esta data, agradecendo o serviço voluntário a todos os socorristas desta instituição que se dedicam diariamente a ajudar o próximo e a socorrer a comunidade.

O responsável pela delegação de Vilela deixou, também, uma palavra de apreço e incentivo aos voluntários, funcionários, sócios e amigos, que ao longo dos anos zelam e cultivam o espírito dos princípios fundamentais que caracterizam a Cruz Vermelha.

Falando dos impactos da pandemia sanitária na delegação  de Vilela, Joaquim Dias, mais do que escalpelizar as dificuldades realçou a articulação que tem existido entre os vários atores e agentes da proteção civil do concelho que durante a fase de confinamento e desconfinamento no combate à crise sanitária.

“Obviamente tal como as demais delegações, sentimos uma redução nos transportes e tivemos que investir na aquisição dos chamados kits de proteção, mas realço, sobretudo, a concertação de esforços e meios que houve nesta fase na sequência do combate à pandemia o que permitiu minimizar os efeitos da doença e prestar o melhor socorro e atendimento às pessoas”, frisou.

Fotografia: Cruz Vermelha de Vilela

Referindo-se ao parque de viaturas, Joaquim Dias anunciou que brevemente será apresentada uma ambulância de emergência oferecida pela Câmara de Paredes e duas carrinhas de transportem adquiridas pela instituição que vão dotar o parque de mais meios.

Refira-se que a Delegação de Vilela da Cruz Vermelha Portuguesa  integra entre 75 a 80 elementos e tem um parque automóvel composto por oito viaturas.

A Delegação de Vilela da Cruz Vermelha Portuguesa  tem como meta prestar assistência humanitária e social, minimizar o sofrimento e zelar pela defesa da vida, da saúde e da dignidade humana.

A instituição foi fundada em 1987, sendo uma instituição humanitária não governamental de caráter voluntário e de interesse público, sem fins lucrativos, “que desenvolve a sua atividade no respeito pelo Direito Internacional Humanitário e em obediência aos Princípios Fundamentais e recomendações do Movimento Internacional da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho”.