Novum Canal – Sempre novum, sempre seu.

Novum Informação – Noticias da região

Covid-19 em lar da Misericórdia de Cinfães fez uma morte

Depois de ontem se terem registados 55 casos positivos no lar da Santa Casa da Misericórdia de Cinfães, a autarquia local confirmou, em nova atualização, feita esta quinta-feira, a existência de uma morte, um total de 57 casos positivos: 34 utentes e 23 funcionários.

Segundo a Câmara de Cinfães, o óbito é uma senhora, 92 anos, com situação de saúde a agravar-se desde há meses e que tinha testado positivo.

“Os utentes da instituição positivos e os utentes negativos encontram-se separados em lares diferentes, portanto sem contacto entre eles. Foi realizada limpeza e desinfeção das instalações. No total foram testadas 159 pessoas, aguardando-se os resultados de 37 pessoas, utentes da instituição em Serviço de Apoio Domiciliário”, lê-se na nota da autarquia.

Fotografia: Câmara de Cinfães

O município informou que ”todos os casos positivos foram devidamente contactados e informados pela autoridade de saúde. Os funcionários tiveram indicação de isolamento e os seus contactos próximos, nomeadamente os familiares, indicação para isolamento profilático. Como forma de evitar contágio os utentes positivos encontram-se separados, em espaço diferente, dos não positivos. A Proteção Civil Municipal, a Autoridade de Saúde e a Santa Casa da Misericórdia mantém um acompanhamento rigoroso e permanente, de forma a garantir o máximo bem-estar e as melhores condições de saúde dos utentes e funcionários”, informou, ainda, a Câmara de Cinfães que desejou uma franca e rápida recuperação a todos os infetados.

“Vivemos momentos de incertezas, angústias e exigências máximas, onde não poderá faltar espírito de sacrifício, resiliência e responsabilidade. Apelamos, pois, com vigor, ao cumprimento das orientações da Direção Geral de Saúde. Higienize as mãos, mantenha o distanciamento social e use a máscara. A situação que vivemos no Concelho obriga a que sejamos todos muito responsáveis. Seja um agente da saúde pública e cumpra todas as normas e medidas preventivas. O combate a esta pandemia depende do contributo de todos nós”, acrescenta a nota que se encontra disponível no site da autarquia.