Novum Canal

mobile

HOJE

tablet

Publicidade

Fotografia: Sport Clube de Freamunde

Sport Clube de Freamunde renova com Jorge Nogueira

Fotografia: Sport Clube de Freamunde

O Sport Clube de Freamunde firmou contrato com Jorge Nogueira para a época 2020/21.

Ao Novum Canal, o técnico assumiu que foi a paixão que mantém pelos capões, pelos adeptos e a vontade em dar  continuidade ao trabalho que vinha prosseguido que o levaram a renovar.

“Em primeiro lugar, a paixão que tenho por este grande clube e também pelos fantásticos adeptos que nos acompanham para todo lado e por ser o maior clube da Associação Futebol do Porto. Em segundo, e o mais importante, o dar continuidade ao projeto iniciado na época 2019/2020”, disse, salientando que o objetivo do clube passa essencialmente por continuar a desenvolver e potenciar jogadores jovens sejam eles da formação ou não.

“Passa por fazer muito melhor que a época anterior e isso quer dizer que vamos fazer de tudo para tentar entrar nos lugares de subida a um Campeonato de Portugal”, expressou.

Fotografia: Sport Clube de Freamunde

Questionado se o  clube terá mais alternativas em termos de reforços, Jorge Nogueira declarou que o plantel está a ser trabalhado no sentido de formar uma equipa competitiva, tendo renovado com 12 atletas e assegurado já a contratação de sete novos jogadores.

“O plantel da próxima época está a ser pensado e estruturado para sermos melhores, termos mais alternativas e sermos muito mais forte e competitivos e para isso o SC Freamunde renovou com 12 atletas da época anterior e já contratou 7 jogadores”, avançou, sustentando que o clube vai reforçar-se com quatro jogadores, um lateral direito, um lateral esquerdo, um médio e um guarda-redes.

Falando da classificação obtida na época transata e o 7.º lugar conquistado pelos capões, Jorge Nogueira recordou que o Freamunde, quando o campeonato foi cancelado,  terminou a prova com menos um jogo que os adversários, mostrando-se, no entanto, convicto que, esta  época, “com muito trabalho, competência e qualidade”, vai ser capaz de fazer melhor.

Já quanto ao nível da competitividade da Divisão de Elite, o treinador do Sport  Clube de Freamunde assumiu que “o nível e a qualidade das equipas e dos seus intervenientes têm vindo aumentar de época para época”, sendo expectável que a próxima época seja ainda mais competitiva.

Sobre se o cancelamento da competição devido ao Covid-19 deixou marcas no plantel, o técnico afirmou que a decisão da Federação Portuguesa de Futebol não interferiu em nada no plantel que acabou por fazer uma época tranquila.

“Não deixou marcas, pois o nosso objetivo passava por fazer uma época tranquila e andar nos seis primeiros e isso foi conseguido com muito mérito de toda a gente envolvida no processo”, concretizou, sustentando, no entanto, que caso a prova não tivesse sido cancelada, o Freamunde poderia ter subido mais uns degraus na classificação.

“Sem dúvida que sim, todos nós sentimos e acreditávamos que podíamos ter lutado pelo segundo lugar”, confessou, esclarecendo que ainda não existem datas definidas para iniciarem os trabalhos e a competição,

“Estamos pendentes das decisões da Associação Futebol do Porto devido ao Covid-19”, acrescentou.

Partilhar por:

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!