Novum Canal – Sempre novum, sempre seu.

Novum Informação – Noticias da região

FC Parada inicia nova época a pensar na subida à divisão de Honra

Fotografia: FC Parada

O FC Parada equipa que milita na 1.ª divisão da Associação de Futebol do Porto almeja subir à divisão de honra o mais breve possível, tendo renovado com o técnico David Barbosa, treinador que está há cinco anos no emblema paredense e conhece bem os cantos à casa.

Ao Novum Canal, o diretor Desportivo do FC Parada, Artur Floriano Barbosa, realçou que a equipa está  motivada para regressar aos trabalhos e começar a competir, tendo como meta lutar jogo a jogo.

“O FC Parada tem como o objetivo jogar na divisão de honra o mais breve possível, pela estrutura e infraestruturas que possui – achamos que é o nosso lugar. Vamos lutar jogo a jogo para tentar que seja já na próxima época (2021/2022) não desrespeitando o valor de todos os adversários.”, disse, salientando que os trabalhos da equipa sénior para a época 2020/21 na quarta-feira, de forma a minimizar o prejuízo físico, consequência desta paragem forçada.

Já as equipas da formação, iniciam a próxima época na segunda-feira.

Quanto ao plantel,  Artur Floriano Barbosa, declarou que está fechado, tendo a equipa técnica  optado por manter grande parte dos atletas da época transata.  

“O plantel está por agora fechado. Mantivemos grande parte do plantel da época passada, sendo que as contrações foram para acrescentar valor a um plantel já anteriormente competitivo. Temos o Leozinho – jogador com mais de 20 jogos na Primeira Liga pelo Boavista FC, que devido ao COVID-19 fez apenas 2 jogos e 2 golos, contratamos um médio brasileiro que vai jogar pela primeira vez em Portugal – Saulo Barros, contratamos um avançado ao juniores do Penafiel – Francisco, um avançado que jogava na divisão de elite pela AD Lousada – Ricardo Paços, do Citânia de Sanfins chegou um central – Pedro Moreira, contratamos também um central que fez a formação no USC Paredes e no FC Paços de Ferreira – Alex, e reforçamos o ataque com mais um avançado, que fez a formação no FC Porto e no FC Penafiel, Pico – um jogador que já tinha anteriormente jogado no FC Parada e feito muitos golos”, disse.  

“Além da reconhecida competência é um elemento chave no crescimento desportivo  do clube”

Falando do treinador, Artur Floriano Barbosa concretizou que o técnico além de treinador da equipa sénior masculina, é também o coordenador do clube.

“Quando chegou ao FC Parada, apenas tínhamos uma equipa de futebol de 11, atualmente temos 10 equipas! Além da reconhecida competência é um elemento chave no crescimento desportivo  do clube. Já alcançou uma subida de divisão, e esperamos andar nos lugares cimeiros esta época”, referiu, sustentando que a 1.ª divisão da Associação de Futebol do Porto é uma prova difícil.

“ Vamos lutar jogo a jogo. Se chegarmos ao topo da tabela, é por lá que queremos ficar”, adiantou.

Questionado se o fim antecipado da época devido à crise sanitária prejudicou o clube, Artur Floriano Barbosa reconheceu que o final abrupto acabou por ter impactos desportivos no FC Parada.

“O final da época acabou por coincidir com a melhor fase da época do FC Parada. Vínhamos nunca série de vitórias, com boas exibições e em crescendo. Acabou assim por prejudicar. Estávamos em crescendo e a ideia era conseguir o máximo de vitórias possíveis. Sabíamos que tínhamos muitos pontos de diferença para o primeiro classificado, mas íamos tentar a melhor classificação possível”, acrescentou.