Novum Canal – Sempre novum, sempre seu.

Novum Informação – Noticias da região

Segunda Brigada de Sapadores Florestais da CIM do Tâmega e Sousa inicia atividade

Região do Tâmega e Sousa passa a contar com 30 operacionais

A segunda Brigada de Sapadores Florestais da Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa (CIM do Tâmega e Sousa) iniciou a dia 1, a sua atividade. Constituída por 15 elementos, esta equipa terá como principal missão o desenvolvimento de ações de silvicultura preventiva, principalmente na manutenção e instalação de rede primária de defesa da floresta contra incêndios, de consolidação pós-fogo e de estabilização de emergência e apoio ao combate a incêndios rurais, reforçando o trabalho que tem vindo a ser desenvolvido pelos outros 15 da primeira brigada.

Numa primeira fase, e durante cerca de um mês e meio, estes elementos vão receber formação, ministrada pelo ICNF – Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, nas áreas da silvicultura preventiva, primeiros socorros, segurança e saúde no trabalho, equipamentos e veículos de sapadores florestais, vigilância e intervenção em incêndios rurais, técnicas de rescaldo, entre outras. Pretende-se que, durante este período, os sapadores adquiram as competências necessárias para o exercício das funções, avançando, posteriormente, para os trabalhos no terreno.

Na sessão de acolhimento, que se realizou esta tarde na Casa da Juventude e do Desporto de Baião, onde decorrem as ações de formação, o Primeiro-Secretário do Secretariado Executivo da CIM do Tâmega e Sousa, Telmo-Pinto, sublinhou a importância da criação desta segunda brigada: “A existência de mais uma brigada enquadra-se na estratégia da Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa, que assume a conservação da natureza e da floresta como uma das suas áreas de intervenção. Esta brigada vai permitir aumentar a capacidade de resposta de defesa da floresta contra incêndios e, simultaneamente, melhorar a resposta de adaptação do território no pós-incêndio”.

Neste contexto é de referir a criação, em 2018, da primeira Brigada de Sapadores Florestais, composta por 14 sapadores e por um engenheiro florestal, que lidera a equipa e que assumirá também este segundo corpo, num total de 30 operacionais, e a constituição do Gabinete Técnico Florestal Intermunicipal do Tâmega e Sousa, nesse mesmo ano.