Novum Canal – Sempre novum, sempre seu.

Novum Informação – Noticias da região

Casa do Pessoal Hospital Padre Américo assinalou 39.º aniversário de modo simbólico

A Casa do Pessoal Casa do Pessoal Hospital Padre Américo celebrou o seu 39.º aniversário numa cerimónia simbólica que contou com elementos do  Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa e restantes órgãos sociais da instituição.

Fonte da Casa do Pessoal Casa do Pessoal Hospital Padre Américo esclareceu que apesar das medidas de distanciamento adotadas para reduzir a interação social entre pessoas, de forma a reduzir a transmissão da doença por COVID-19, a instituição promoveu uma breve sessão no auditório do Hospital Padre Américo sob o lema “Protegendo-se a si e a todos, juntos vamos vencer o vírus! ”

As comemorações iniciaram com a entrega das lembranças aos profissionais que completaram 25 anos de associativismo na Casa do Pessoal, a homenagem aos associados e antigos diretores falecidos, a apresentação da fotografia/quadro do anterior presidente, o vídeo com um álbum de desenhos enviados por 106 crianças, finalizando com a entrega dos prémios “Gratidão”.

Este galardão foi direcionado a todos os profissionais sem exceção, prestadores e servidores do CHTS, e  também para as Unidades Equipas Linha COVID-19.

“Temos vivido um tempo difícil, insólito, sofrível, inimaginável, no qual, de uma forma global, ficámos privados de confraternizar, de reunir, de conviver, de cumprimentar… e até, por instantes, da própria liberdade de circulação, impossibilitados de contacto social e com uma permanente ameaça invisível no canto do olho de cada profissional, utente ou familiar”, disse Fernando Vieira, presidente da Direção da Casa do Pessoal.

O responsável pela Casa de Pessoal do Hospital Padre Américo realçou, também, o sentido de abnegação dos profissionais e o sentido de missão que vem mais facilmente acima nestas alturas de adversidade.

“Ninguém se furtou ao dever de ajudar quem precisa e entre sorrisos, choros, inquietações, dúvidas, alegrias, quebras de ânimo. Com o sentido de abnegação que caracteriza os profissionais e com o sentido de missão que vem mais facilmente acima nestas alturas de adversidade, ninguém se furtou ao dever de ajudar quem precisa e entre sorrisos, choros, inquietações, dúvidas, alegrias, quebras de ânimo e novos levantamentos, podemos dizer que o resultado conseguido foi francamente positivo quando comparado com o cenário antecipado naqueles primeiros dias do mês de março”, referiu, salientando que a indiferença, o comportamento consumista e o pensamento individualista têm dado lugar à solidariedade, à partilha, à cooperação.

“É com muito agrado que vemos que a indiferença, o comportamento consumista e o pensamento individualista têm dado lugar à solidariedade, à partilha, à cooperação, à ajuda e à defesa da vida, expressando-se incessantemente, e de uma forma muito particular, junto dos mais débeis e idosos. E os profissionais do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, como todos os profissionais de Portugal merecem este reconhecimento, seja pelas mais diversas mensagens, sentimentos ou homenagens”, conclui Fernando Vieira, Presidente da Direção da Casa do Pessoal”, acrescentou.

O presidente da Casa de Pessoal do Hospital Padre Américo relevou, também,  o esforço, trabalho, empenho e dedicação das equipas que estiveram na linha da frente no combate à Covid-19 e fez votos que os próximos dias sejam um recarregar de energias positivas, físicas e emocionais, no sentido de continuarem a terem forças para desenvolverem o seu trabalho.

Fernando Vieira enalteceu, igualmente,  os gestos de muitas empresas, associações, particulares e até de autarquias, pelos géneros alimentares e equipamentos de proteção individual (EPI´s) que foram doados à Casa do Pessoal.

A Casa do Pessoal do Hospital Padre Américo – Vale do Sousa, é uma associação sem fins lucrativos, fundada a 26 de maio de 1981 e foi criada no âmbito dos seus associados, possuindo autonomia administrativa e financeira.

Iniciou as suas atividades no Centro Hospitalar Vale do Sousa, englobando as unidades de Penafiel e Paredes, possuindo nesta última, durante duas décadas, a sua sede social. Com a edificação do novo hospital para a Comunidade Urbana do Tâmega e Sousa, a Casa do Pessoal desenvolve atualmente a sua atividade no Hospital Padre Américo e Hospital São Gonçalo, em Amarante, unidades do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, E.P.E.

De acordo com o regulamento interno, a Casa do Pessoal do Hospital Padre Américo – Vale do Sousa, associação tem por objetivos centrais o proporcionar aos seus associados benefícios de ordem social, cultural e recreativa, entre outros, fomentar e manter laços de solidariedade entre os seus membros.

São também objetivos da associação promover a Festa de Natal destinada aos filhos dos seus associados e a ceia de Natal aos associados, garantir o funcionamento do bar do pessoal, no âmbito para fornecimento de serviços de cafetaria aos associados e a constituir, entre outros, meios necessários para assistência materno-infantil e pré-escolar aos filhos dos associados.

“Os eventos realizados, em quantidade e qualidade, dignificam a associação no meio, pelo que nos congratulamos pela forte adesão, coesão e participação da comunidade associativa. A primeira iniciativa da atual direção foi o de proporcionar um convívio por ocasião dos Santos Populares no Hospital São Gonçalo, em Amarante, atividade que este ano não poderá ser realizada”, disse o responsável da instituição

Fernando Vieira recordou que ao longo dos últimos meses foram celebrados mais de 20 protocolos de colaboração permitindo benefícios e vantagens à comunidade associativa junto de entidades da região, na área da formação profissional.

“Dinamizamos uma parceria com a Associação Empresarial de Penafiel, enquanto na vertente desportiva a formação de futsal da Casa do Pessoal classificou-se em 5º lugar na última edição do torneio nacional inter-hospitalar. O agendamento de caminhadas, convívios associativos e iniciativas culturais, procura unir e reforçar laços de confraternização entre os profissionais de ambas as unidades hospitalares. Enaltecemos o apoio a situações sociais relacionadas com a comunidade associativa que visem bens materiais e/ou auxílio emergente, devidamente sinalizadas e avaliadas”, concretizou, sustentando que entre as ações de sensibilização na comunidade, a Casa do Pessoal dedica o mês de outubro ao cancro da mama e o mês de maio ao coração, celebra o Dia da Mãe e o Dia Mundial da Criança na instituição.

A Casa do Pessoal do Hospital Padre Américo realiza, também, o Encontro de Cantares de Janeiras, os encontros de teatro em Novelas e em Vila Meã e os convívios associativos em Boticas e ao Museu Nacional do Pão.

A instituição integra 1.466 associados. A Casa do Pessoal do Hospital Padre Américo – Vale do Sousa tem 1.011 sócios ativos, sob a quotização mensal de 1,50 euros e 455 sócios aposentados.

“No entanto, a família Casa do Pessoal não se ressume ao número de associados e prova disso é a festa de Natal das crianças filhos dos associados, capaz de lotar por exemplo, o Pavilhão Gimnodesportivo Fernanda Ribeiro, em Penafiel”, referiu o presidente.

Nos últimos meses, a instituição promoveu a iniciativa Solidária na Comunidade nos meses de março, abril e maio destinada à aquisição e distribuição de bens alimentares e equipamentos de proteção individual (EPI´s) junto dos profissionais Unidades Equipas Linha COVID-19.

Esta iniciativa contou com a colaboração de empresas, sociedade civil e concessionária do bar do Pessoal, foram servidas pela Casa do Pessoal 8.782 refeições (32.369 artigos alimentares).

A Casa do Pessoal Padre Américo tem promovido, também, medidas apoio ao funcionamento bar do Pessoal com o objetivo de  aquisição de produtos de higiene, segurança e proteção do Pessoal afeto e apoio à concessionária para manter em funcionamento e em horário definido o bar; evitar a entrada em lay-off, salvaguarda dos postos de trabalho, pagamento em dia a fornecedores e contribuições sociais, impostos e outros encargos tidos por emergentes.

No âmbito do apoio aos associados adquirir, distribuir e irá comparticipar para bens alimentares de 1.ª necessidade, medicamentos e equipamentos de proteção individual (EPI´s) junto da Comunidade associativa.

Em finais de abril procedeu à distribuição de 2.000 máscaras sociais.