Novum Canal

mobile

tablet

Publicidade

Máscaras sociais podem ser de algodão ou poliéster, revela Infarmed

Partilhar por:

O Presidente do Infarmed – Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde afirma que as máscaras sociais, que começaram a ser produzidas pela indústria têxtil nacional, conforme especificações definidas, podem ser de algodão ou poliéster e que muitas serão reutilizáveis.    

Rui Ivo referiu na conferência de imprensa diária sobre a pandemia de covid-19, ocorrida no dia 14 de abril, a propósito de uma norma para a indústria passar a fabricar máscaras não cirúrgicas para uso generalizado da população em espaços fechados, como supermercados, farmácias ou transportes públicos.

«A partir destas especificações estamos em condições de dizer que as máscaras produzidas e que vão ser vendidas terão as condições de proteção asseguradas. Estamos a falar de um terceiro tipo de equipamento de proteção que, com apoio da indústria nacional, podemos utilizar convenientemente e que serão vendidas com essas mesmas indicações escritas», afirmou Rui Ivo.


Partilhar por:

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!