Novum Canal

mobile

HOJE

tablet

Publicidade

Alexandre Panda deixa mensagem sobre o Covid-19

« Sou otimista por natureza. Acredito que, como nos filmes, há sempre um “happy end”. Mas o meu trabalho de jornalista da área criminal obriga-me a olhar para a frieza da realidade, muitas vezes cruel, desumana ou “repugnante”. Nesta altura, ainda estamos no início de um caminho que não escolhemos, nem sabemos onde nos conduz. Mas, tal como nos filmes e nas notícias de crime, depois do “climax” e picos de tensão, vem acalmia. Ficar em casa, e deixar que a pequena bola com coroas malvada morra por si só, pode parecer frustrante porque estamos habituados a controlar as nossas vidas. Não gosto da palavra confinado. Remete para a ideia do medo, da prisão, da opressão, do “Huis clos” de Sartre. Mas neste “Entre quatro paredes” real não há inferno, nem desconhecidos. Estamos com os nossos e podemos aproveitar o tempo para pequenas coisas da vida, para às quais nem olhávamos, com pressa de ir trabalhar, de ir jantar, de mexer o dedo para passear pelo Facebook ou de participar no “Pandemónio”. Temos agora tempo e calma para apreciar, até a bola coroada desaparecer. E depois!? E depois acho que vou passar dias a abraçar pessoas próximas… »

Mensagem de Alexandre Panda – Programa Pandemónio

Partilhar por:

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!